Resenha: A Rainha Vermelha



Título: A Rainha Vermelha

Autora: Victoria Aveyard

Páginas: 419

Editora: Seguinte





COMPRE AQUI:   FNAC,  AMERICANAS,  SUBMARINO,  SARAIVA,  BUSCAPÉ













     O mundo está dividido em dois. Miseráveis e ricos, trabalhadores e elite, pessoas com poderes e lutadores fracos. Sangue vermelho e sangue prateado.

     Essa divisão nada boa seguia firme até Mare, nossa protagonista, derrubar todos os paradigmas.


"Vejam as mentiras deles, vejam esta mentira, ela diria, esfregando minha cara contra a câmera, me fazendo sangrar vermelho para todo mundo ver."
Pag. 120


     Existe uma guerra entre os Vermelhos e os Prateados que dura anos e não há data para terminar. No meio desta guerra há uma população de Sangue Vermelho que precisa trabalhar para que os Prateados tenham cada vez mais, enquanto os Vermelhos vivem na mais total miséria.

     O que torna os Prateados tão superiores são os poderes que eles tem; ler mentes, dominar o fogo, o ferro, entre outros. Além do sangue prateado, claro.


"Sinto o calor das faíscas subindo e descendo pelo meu corpo, incendiando cada nervo. A sensação não é ruim, porém. Na verdade, me sinto viva."
Pag. 78


     Mare é uma garota de Sangue Vermelho que no principio parece uma rebelde "com causa". Revoltada com a condição que vive sua família, Mare rouba, foge, faz o que for necessário para colocar o mínimo de conforto em casa, mesmo que isso traga desgosto para seus pais. Ela está prestes a completar dezoito anos, e neste mundo, TODOS vão lutar no exército quando completam a maioridade; meninas e meninos. 

     Porém, Mare não quer ir, não quer que seus amigos vão, não quer perder ninguém nessa luta. Então ela decide que algo deve ser feito, alguma coisa que mude esse destino.


"Os deuses ainda governam. Ainda descem das estrelas. Só não são mais gentis."
Pag. 16


     Nessa busca toda, Mare conhece um garoto que parece estar disposto à ajudá-la. Ele leva Mare para trabalhar no Palácio dos Prateados.

     Assim que começa a servir os prateados, Mare se vê no meio de uma competição de garotas que estão demonstrando seus poderes em uma competição onde o prêmio é o príncipe, ou melhor, casar com o príncipe.

     Durante essa competição, Mare sofre um acidente, e neste momento, para se proteger, ela descobre um poder que jamais imaginou possuir.

     Quando Mare percebe o que está acontecendo com ela, só o que lhe resta é fugir, mas não tem como. Afinal, ela é a única com sangue Vermelho que possui poderes.


"Você pode falar aos vermelhos, dizer-lhes quão nobres, benevolentes e correto são os prateados. Você pode convencer seu povo a voltar para os grilhões."
Pag. 143


     Ela é pega, levada ao Palácio e lhe é dado um noivo, o Príncipe Maven, que aparenta ser um fofo; atencioso e carinhoso. Um início de triângulo amoroso tem início, pois o garoto que levou Mare para o palácio é o Príncipe Cal, irmão do Príncipe Maven. Mas isso não se sustenta. Na verdade ninguém é o que parece ser.

     Bem, apesar da trama ser um compilado de várias outras histórias, "A Rainha Vermelha" tem seus pontos fortes e fracos. A autora é extremamente prolixa e isso deixou a escrita muito maçante em vários momentos. Achei algumas passagens desnecessárias, mas enfim, nem sempre a leitura é perfeita.

     Mas perfeita mesmo é o trabalho magnífico da editora Seguinte. Capa MARAVILHOSA, diagramação chiquérrima, tudo incrível! Assim como a revisão, impecável. Quanto a isso, não háo que reclamar.

     Leiam e me digam quais foram as suas impressões.






















9 comentários:

  1. Creio que seja a segunda ou terceira resenha que leio desse livro e todas ressaltam os valores colocados na história.
    Mas fico impressionada com isso de jovens lutando cedo demais, soa tão Jogos Vorazes..rs e não sei ao certo se isso é bom.
    A capa é lindíssima e claro, dá aquela vontade de ler sim!
    E farei, assim que possível!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lelê.
    Essas novas distopias parecem ser o mesclagem de várias histórias, o que você também citou na resenha. O que não é necessariamente ruim, se a autora souber trabalhar.
    Uma pena que a escrita seja prolixa. Isso, sem dúvidas, tira o brilho da trama.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    LI mtas resenhas do livro... qro mto conferir, gostei bastante do tema q desenvolve...Gostei bastante de td q já li, espero nao me decepcionar qdo ler...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito desse livro, história bem elaborada, estou super ansiosa para ler os próximos livros dessa série.

    ResponderExcluir
  5. eu to doente de vontade de começar a minha leitura dessa série, ja to surtada só de ver as resenhas!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lele! Eu esperava tanto desta distopia e mesmo tendo um ou outro elemento interessante, na maior parte do tempo senti que estava lendo partes de outras séries que acompanho. Vou ler o segundo para ver se houve uma evolução.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi linda !
    Vamos lá.. Essa série desde o início me chamou bastante atenção, a capa é bonita e a história interessante. Mas vi muitas resenhas que acabam comparando com a serie A Seleção, por exemplo. Fiquei me perguntando se não passa a ser clichê demais sabe? Ao mesmo tempo, tenho curiosidade em ler esse livro e quem sabe em alguma oportunidade ei comece a leitura dele.
    Boa noite :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Lêle,
    Acho que o que me deixa com um pé atrás para começar a ler essa série foram os comentários generalizados na blogosfera que a estória de Rainha Vermelha é um compilado de várias outras estórias.
    Narrativa maçante realmente é desanimador.
    Enfim, acho que não me arrisco nessa série.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Sim, a capa está linda e deixa com muita vontade de ter esse livro! A sinopse é muito interessante e saber que é uma série, me deixa mais ansiosa para ler. Sua resenha está ótima. Ainda não li , mas acredito, por sempre ver resenhas ressaltando isso, que deve haver pontos bons e outros nem tanto. Mas mesmo assim, gostaria muito de conferir pessoalmente! Já adicionado a minha lista de desejados, há algum tempo. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...