Resenha: Twittando o Amor


Título: Twittando o Amor

Autora: Teresa Medeiros

Páginas: 204

Editora: Novo Conceito



COMPRE AQUI:  SARAIVA










     Amor e twitter. Será que essa mistura dá certo??


" MarkBaynard: O Twitter é uma eterna festa onde
todos falam ao mesmo tempo, mas ninguém entende nada."
Pag. 25



     Em "Twittando o Amor" vamos conhecer Abby Donovan, uma escritora que não está na melhor fase da sua carreira. Muito pelo contrário. Seu livro já não está vendendo bem e seu novo livro está travado. Ela não consegue escrever nada e suas perspectivas estão bem baixas.

     É então que sua agente cria para ela uma conta no Twitter, para que assim ela possa interagir com seus possíveis leitores. 

     Abby não entendia nada de Twitter, ela achou uma ferramenta muito complicada e impossível de aprender. E só um homem respondeu aos seus insistentes twitts.

     
"Abby_Donovan: Se você começar a ficar por aqui,
seus amigos do Facebook não vão sentir sua falta?
Pag. 24


     Não demora nada para que Mark lhe ensinasse a usar o Twettdeck, que é uma ferramenta que auxilia os twitteiros. E assim os dois começaram a "conversar".

     Por um lado eu achei que a entrega foi muito rápida, mas pensando melhor nisso, no twitter ou em qualquer outra rede social, as pessoas tendem a se abrir demais, escancarar os sentimentos, e assim fica fácil se envolver sentimentalmente com outra pessoa que nem se quer conhecemos. Então não achei que os sentimentos dos dois fossem superficiais.

     Até porque acompanhamos a vida de Abby, portanto já sabemos que ela vem passando por problemas com seu livro e seu bloqueio criativo. Agora, quanto a Mark, simplesmente não sabemos de nada. Só sabemos o que a Abby sabe. Só lemos o que ele escreve.

     Dá para saber que ele é divertido, sabe muito sobre filmes e séries, e usa isso nas suas mensagens.

     É narrado em terceira pessoa, pelo ponto de vista de Abby. Mas depois do seu primeiro acesso no Twitter, acompanhamos as conversas por lá. E quando ela e Mark estão juntos, nós lemos páginas e mais páginas de conversa dos dois. A maioria delas são muito engraçadas. O humor dos dois personagens é incrível. Irônicos e sarcásticos o tempo todo. Gostei demais disso!!


"MarkBaynard: Menina safada! E pensar que eu
a tinha como uma mulher de Brontë! Como pode
resistir aos encantos e inquietações de Heathcliff?"
Pag. 69


      Como todos sabem, o twitter só permite 140 caracteres, e claramente muitas mensagens tinham mais que isso. Mas podemos relevar isso, pois seria impossível manter o número exato de caracteres, já que o livro foi traduzido. Então tudo bem!!

     Senti falta do @. Não existe mensagem no twitter direcionada para uma pessoa sem o @.

     A capa do livro é uma gracinha!! Achei lindinha demais mesmo!! Porém, o título deu um ar de livro de autoajuda. Me passou a ideia de um livro que ensina você a arrumar namorado no twitter; e não é esse o caso aqui. Temos um romance, uma ficção, autoajuda passa longe.

     O título original é "Goodnight, tweetheart", e eu acho que se deixasse "Boa noite, tweetheart" teria ficado lindo, teria TUDO a ver com a história e não deixaria esse ar de autoajuda. 

     A leitura é rápida, gostosa e divertida. O romance é 'suspirante'!!! 

     Recomendo para quem gosta de romances leves e delicados!!!












Comente, clique e concorra:


14 comentários

  1. Nunca abro mão de uma leitura leve e descompromissada. Desde que esse livro foi lançado, o via dessa forma..e não é que lendo a resenha, foi exatamente isso?
    Capa super fofa mesmo..com cara de juvenil. As pessoas realmente tendem a se abrir mais no mundo virtual, ainda mais quando um homem misterioso aparece para ajudar...
    Lerei =)
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Alê, essa capa é mesmo muito fofa mas concordo totalmente com você a respeito do título. Ficou mesmo com cara de auto ajuda.
    Eu ainda não li o livro, mas estou pretendendo ler agora em Fevereiro.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lelê.
    Enquanto lia sua resenha eu ficava pensando exatamente no título e foi aí que você comentou sobre ele.
    Achei muito vago e não gostei, por mim, trocaria.
    Acredito que o jeito original fica bem melhor como você disse.
    A capa é realmente muuuuuuito fofa, gente, é linda.
    E os personagens parece ser bem legais.
    Pretendo ler o livro e conhecer essa história, quem sabe a protagonista volte a ter os seus livros bombando nas vendas, né?!

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  4. Nossa quando vi o livro assim que acabei de entrar no seu blog, cliquei correndo para ler a resenha, o que me deixou mais curiosa para ler, vou ser franca não sou dessas pessoas que tem o habito da leitura, mas acho que as redes sociais ficaram tão viciante, que qualquer coisas que tem a ver com elas, me instiga curiosidade, e no caso desse livro estou super curiosa para ler, amei seu blog e estou seguindo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ganhei de aniversário, mas ainda não tive tempo de ler. Mas a impressão que eu tenho dele é esta mesma, um romance leve.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Olá Alessandra,

    Esse livro esta na minha li9sta de espera de leitura, mas não estou empolgado, mas que bom que tenha gostado....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lelê!

    Também gostei mais do título original, combinou bem mais. Fiquei curiosa para ver o interior do livro, adoro essas peculiaridades na diagramação e tudo o mais.
    A história parece ser bem divertida!
    Gostei da dica! :)

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. tem tudo para ser uma história perfeitinha, meu desejo é ganhar no sorteio e ler! assim como vc me apaixonei por essa capa!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Mas se traduzissem o título era capas de ficar algo como Boa Noite, CoraçãoTwitteiro, Twittamado ou QueridoTwitter, porque dificilmente alguém entenderia a referência a Sweetheart que é feita por conta da sonoridade. Acho que apesar do conjunto titulo e capa não contribuir, dificilmente alguém encontrariam uma solução melhor.


    Saudações,
    Ace Barros
    Capitão do drakkar Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
    multiversox.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Lelê! Bom, o que achei do livro: a começar pela capa, super fofa, pensei em um romance de adolescentes, mas pelo que li na sua resenha, trata-se de uma escritora que parece ter uma idade mais adulta. Quando comecei a ler a história, ela me trouxe à memória, um filme que vi a alguns anos atrás com o Tom Hanks e Meg Ryan, chamado Mensagem para você (You've Got Mail). Gostei do modo como você retrata a história, deixando para quem igual a mim que gosta de um romance melado, curiosa para saber o final. Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lelê! Bom, o que achei do livro: a começar pela capa, super fofa, pensei em um romance de adolescentes, mas pelo que li na sua resenha, trata-se de uma escritora que parece ter uma idade mais adulta. Quando comecei a ler a história, ela me trouxe à memória, um filme que vi a alguns anos atrás com o Tom Hanks e Meg Ryan, chamado Mensagem para você (You've Got Mail). Gostei do modo como você retrata a história, deixando para quem igual a mim que gosta de um romance melado, curiosa para saber o final. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Estou bem sentida agora por ter trocado esse livro sem ter dado uma olhada nele com mais cuidado. Na verdade eu não achava que a autora conseguiria cria uma estória com twitts, mas pelo visto eu estava enganada. :/

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  13. Lelê
    Parece um livro que iria gostar de ler, gosto de leituras leves e românticas, me distrai dos problemas do dia-a-dia, mas infelizmente acabei sorteando este livro e não o tenho mais. Mas quem sabe não consigo compra-lo naquelas promoções do submarino...
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha!

    E concordo sobre o título, parece um auto-ajuda, isso também já aconteceu com um outro livro que a NC lançou, o nome, traduzido, seria, ao certo, Garotas Geladas, mas o título foi, Garotas de Vidro, mas a história é ótimo do mesmo jeito! Esse livro, Twitando o Amor, pareceu ser muito engraçado, e ainda ajuda um pouco aos úsuarios do Twitte, rsrs!

    Parabéns pela resenha!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...