Resenha: Minha Vez de Brilhar


Título: Minha Vez de Brilhar

Autora: Erin E. Moulton

Páginas: 288

Editora: Novo Conceito



COMPRE AQUI: BUSCAPÉ










     É muita fofura!!!


 "Bibi não está tentando ser malvada; ela só
precisa que tudo seja perfeito."
Pag. 59



     Erin E. Moulton tem uma maneira linda de escrever, tanto em "A Jornada" quanto em "Minha Vez de Brilhar" a beleza e leveza da autora se repetem.

     Desta vez vamos conhecer Indie, uma garota com um estilo único e uma maneira de viver só dela. Indie tem uma lagosta de estimação, adora peixes; ela sabe o nome de muitos, e ficar repetindo os nomes de todos os peixes que conhece faz com que fique mais calma. Além disso, ela faz caras de peixe para alegrar aos outros e a si mesma. Isso também faz com que ela se acalme.

     Vive em seu mundinho. Ela é feliz a sua maneira. Ela é ela e ponto final, e foi assim que gostei da personagem.

     Até que um dia, sua lagosta Monty Cola entra sorrateiramente em sua mochila e só é descoberta na escola. Claro que uma confusão foi formada!!

     Na fuga para salvar sua lagosta, ela se atrapalha e a deixa escapar. Monty volta para o mar.

     Indie sofre muito!!! Afinal, ela é uma criança e perdeu seu bichinho de estimação.


"- Quero dizer que, se a vida está péssima,
não espere que fique ótima só porque você
fez um pedido a uma estrela cadente."
Pag. 123


     Bibi, a irmã um pouco mais velha de Indie tem um sonho, ela quer fazer parte do teatro da cidade. E para conseguir isso ela faz o que tiver que fazer. Bibi é completamente diferente da irmã. Ela se importa com a opinião dos outros, segue modinha, quer ser o que todos são.

     As caras de peixe de Indie já não a divertem, pelo contrário, a envergonham. Pelo menos é isso que ela acha.

     Numa noite Indie faz dois pedidos para uma estrela cadente. O primeiro pedido é encontrar sua lagosta, e o segundo é ser uma irmã melhor, e com isso fazer Bibi voltar a gostar dela.

     É aí que entra Owen, o nerd do colégio, todos o chamam de esquisito. Owen é um fofo, mas sofre bulliyng de quase todos. 

     Owen é extremamente inteligente e ótimo estrategista. Uma ajuda e tanto para Indie encontrar Monty Cola!!!

     Só que para conquistar o amor da sua irmã, ela acaba se transformando em outra garota. Quase uma garota má.

     Indie então passa a ser uma enquanto está com a irmã e outra enquanto está com Owen. Isso é muito difícil. 

     Algumas vezes tive vontade de dar umas palmadas em Indie. Sério!!! Pra que ser outra pessoa para agradar alguém?? Mesmo que esse alguém seja sua irmã?!! Ela era tão perfeita!! 

     E o que fazem com Owen! Revoltante!! O pior é saber que isso realmente existe!! Ler e entender o que se passa na cabecinha dessas crianças que sofrem esse tipo de agressão, dá vontade de dar os tapas que os pais não dão!! Eu teria orgulho de ter um amigo como Owen!!

     Uma história tão linda, suave, gostosa, rápida, envolvente, um primor!! O livro é para pré-adolescentes e adolescentes; então não espere um aprofundamento maior. A narrativa para este público tem que ser assim mesmo, tocante, mas sem chocar demais. O importante é deixar esse jovem pensar por si só. Entender o quanto isso é ruim. Ele deve desenvolver esse discernimento sozinho. A autora é perfeita nisso, não entrega de mão beijada. A trama está ali, o jovem é que deve ver e decidir o que está errado, e assim ser alguém de valor e não repetir o erro dos personagens, e se possível passar adiante.

     É claro que adorei!!! A capa é linda, a diagramação é maravilhosa, o trabalho da editora está incrível!! O selo #Irado está me surpreendendo mais a cada mês!! Já virei fã e uma colecionadora dos livros deste selo.

     Recomendo!!! Claro que recomendo!!






Comente, clique e participe:





10 comentários:

  1. Não pensei que fosse gostar tanto deste livro. A história, realmente, me parece ser encantadora e emocionante. Espero conseguir ler. Fiquei curiosa. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Lelê, "Minha Vez de Brilhar" foi um livro que me surpreendeu bastante!, eu não esperava nada dele e encontrei em minha leitura um livro extremamente terno, muito bem escrito, e que te potencial pra agradar diversas faixas de leitores. Com certeza quero ler outras coisas da Erin ;)

    Dois abraços!

    http://www.pontolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Esses livros da #irado parece que me chamam. Já tinha interesse em ler esse livro, depois dessa sua resenha maravilhosa, fiquei completamente convencido.
    Gostei da proposta e quero conhecer Indie. Mas é uma pena que ela tente mudar para agradar a irmã.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  4. gosto muito da forma como a Erin conduz suas tramas, as reflexões por trás!
    a dica está anotada!!!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Linda como sempre :3 agora estou com mais vontade ainda de ler este livro <3

    ResponderExcluir
  6. A capa desse livro é tão fofaaa, bom saber que o conteúdo também é fofo RSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lele!

    Uau, já tinha visto esse livro várias vezes, a capa é linda e cheia de detalhes né *.*
    Mas não sabia do que se tratava a historia e parece tao fofa, aquele estilo de livro que lemos após um mais pesado pra se divertir e relaxar, eu pelo menos gosto muito!
    Bom saber que o livro é tão legal e lindo quanto a capa!!

    Ótima resenha e uma ótima dica!!

    Beijooooo!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. O livro parece ser ótimo, bastante emocionante, quero muito ler!

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li os livros dela, mas estou bem curiosa, principalmente por causa das capas novas.
    Está capa esta perfeita.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo