Resenha: A Batalha dos Mortos


Título: A Batalha dos Mortos

Autor: Rodrigo de Oliveira

Páginas: 307

Editora: Faro Editorial



COMPRE AQUI:  BUSCAPÉ,  AMERICANAS










     "Ele segurava o pulso da zumbi com ambas as mãos,
imprimindo um esforço sobre-humano para afrouxar
a pressão em sua garganta."
Pag. 11


     Esse quote é na introdução. Como não amar este livro??


     Quando eu tinha passado pouco mais de cinquenta páginas da leitura, tive o prazer de encontrar com o autor pessoalmente e ele me perguntou o que eu estava achando do livro. Só o que me veio na cabeça foi um palavrão. E foi justamente o que eu disse, um palavrão!

     Agora que finalizei a leitura eu estou com mais uns três palavrões pra dizer. Um para o livro como um todo e no mínimo dois para o final!


"Naquele momento, morrer não seria uma
tragédia. Muito pelo contrário, seria um imenso alívio."
Pag. 12


     Ivan e Estela, nossos protagonistas voltam com força total em "A Batalha dos Mortos". Ivan se tornou um grande líder. Leva todos com mãos de ferro. Já Estela é uma líder com um coração mais bondoso, porém atira e mata sem piedade quando necessário. Ou seja, o casal é perfeito!! Com certeza os melhores mocinhos do momento. Essa benevolência e anti-heroísmo casam com perfeição tornando o casal apaixonante!!

     
"Em seguida, ele mordeu o ponto entre a orelha
direita e o ombro, produzindo uma laceração com
cerca de vinte centímetros. O ferimento foi tão
profundo que os músculos ficaram expostos."
Pag. 78


     Dessa vez vamos conhecer também as gêmeas Isabel e Jezebel. 

     As gêmeas tiveram tiveram problemas no nascimento, e os médicos nem podiam garantir se sobreviveriam ou se teriam sequelas. A mãe faleceu antes do parto, e o pai as criou sozinho. Não foi fácil, já que as crianças apresentavam alguns problemas.

     Com o tempo elas foram se desenvolvendo. Aliás, desenvolveram até demais. As duas tinham dons.


" - Amigos, vocês estão loucos! Isso não será a nossa
brincadeira de tiro ao alvo! Essas pessoas não são 
zumbis lerdos e estúpidos, são seres pensantes que 
estarão armados até os dentes! Eles vão atirar 
pra matar, eu garanto!
Pag. 169


     Isabel foi viver com seu marido em outro estado, e quando a catástrofe da passagem do planeta Absinto sacudiu tudo por aqui, elas estavam separadas. E assim ficaram por um bom tempo.

     Em busca de ajuda, Isabel foi parar nas mãos de bandidos, estupradores e assassinos. Comeu o pão que o diabo amassou, mas conseguiu escapar e chegou até o Condomínio Colinas, que na medida do possível estava bem tranquilo.

     Quando Isabel chegou e contou à todos o que estava acontecendo fora daqueles muros, Ivan e Estela se armaram para uma missão. Salvar quem pudesse.

  
"O planeta vermelho se apresentava lindo. Um 
astro avermelhado circundado por anéis azuis.
Era imenso também, visualmente muito maior
que a lua, dominando o céu, imponente."
Pag. 76


     Claro que os zumbis são perigosos, claro que são canibais com muita fome; mas os humanos tem tanto coração quanto um zumbi que não come há meses. A diferença é que as pessoas aqui matam só por matar. Usam os mais fracos como escravos, e os que não servem mais são descartados. 
     O que é pior? Morrer mordido por um zumbi? Ou na mão de uma pessoa?? Eu não consegui descobrir ainda... mas fiquei assustada com isso. E o pior é que seria assim mesmo em um apocalipse zumbi.

     Enfim, no segundo livro da série "As Crônicas dos Mortos" temos mais assunto, mais personagens marcantes e muito fortes. Muitos outros personagens que eu já estava me habituando morreram. Não fiquei triste com isso, pois é o que se espera numa guerra desse nível. E também me acostumei com o Rodrigo de Oliveira matando a torto e a direita. Gosto disso.


"Ele não falou nada. Apontou o fuzil e deu
um tiro, que entrou pela parte posterior da 
cabeça da garota e saiu pela testa,
despedaçando seu crânio."
Pag. 207


     A inserção de um novo elemento deu um ar mais vibrante na série. Acho que posso dizer que é um elemento sobrenatural, talvez... não tenho certeza se este seria o nome exato, mas pra mim está bem fora do normal... portanto é sobrenatural mesmo.

     Muito sangue, muita carne arrancada, muita adrenalina, luta, loucuras mil!!! Como eu amei este livro!!! Vocês não tem noção da quantidade de palavrões que soltei e gritinhos que dei enquanto estava lendo! 

     Quando o livro estava me deixando maluca, chegou a última página. E advinha o que está escrito na última frase: Continua...

     É pra matar!!! Mas que p*##@ foi aquela?? Não tem condições de viver assim minha gente!!!!


"Enfim, um dos golpes penetrou pela nuca
dentro da caixa craniana. O zumbi estremeceu
uma última vez, e depois parou completamente."
Pag. 36


     Se eu tinha gostado do spin off, tinha vibrado com o "Vale dos Mortos", em "A Batalha dos Mortos" meu amor se tornou concreto. 

     Já fiz várias pessoas comprarem os livros, por mim todos tem que ler. É o melhor do gênero com toda certeza!! 

     Estou muito ansiosa pelo terceiro livro! Que já tem nome!!! "A Senhora dos Mortos" já tem tudo pra entrar para minha lista de favoritos da vida. Terá tudo que mais amo em um livro. Já sei disso sem nem ter lido.

     Se eu recomendo?? Não leu ainda por quê??? Lê logo gente!!!!










Comente, clique e participe:



21 comentários:

  1. Não vejoa hora de poder ler este livro. Vejo tantos elogios pra ele que estou ansiosa pra saber mais. Adoro tema assim. É eletrizante e assustador ao mesmo tempo. Muito bom. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. rsrsrsrsrs Mais uma resenha empolgada, daquelas que a gente se retorce aqui do outro lado e se pergunta: Onde eu acho este livro agora?
    Terminei um livro ontem onde a mocinha coloca moedas num pote cada vez que fala um palavrão..Pensando em fazer o mesmo..Puxa, ficaria rica!rs
    Agora voltando ao livro, amo zumbis...e mesmo o cinema estando meio saturado deles e sempre repetitivos, a literatura ainda traz boas fontes de entretenimento.
    Me lembro da primeira resenha e o quanto fiquei maluca pra ler.
    E agora? Só piorou.
    São dois pra lista de desejados!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Concordo de todas as formas com você, Lelê. Acho que eu teria muitos outros palavrões para falar junto com você. kkkk
    Tanto o conto quanto os dois livros lançados são excelentes. E os poderes paranormais certamente esquentaram ainda mais a obra.
    Excelente resenha, como sempre. <3

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  4. Como é possível mortos alegrarem tanto uma pessoa assim, gente!! XD Destroçar esses puto é uma coisa que diverte bastante (viciado naquele jogo).
    Que bom que aproveitou bastante Lele. Pela sua resenha o Rodrigo deve ter uma escrita bem cativante e caprichada. Eu iria gostar de acompanhar essa série.
    O que me lembra que tenho que me forçar a terminar meu conto. =P

    Ace Barros
    Capitão do drakkar Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
    multiversox.com.br

    ResponderExcluir
  5. Aaaah adoro coisas de zumbi...quero muito ler esse...!

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bom?
    Nunca li nenhum livro com a temática zumbi, mas tenho vontade de conhecer. Pelo visto preciso investir nessa série, pois a narrativa me pareceu bem emocionante. Eu gosto quando o livro deixa aquela vontade de sair correndo para ler o próximo.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. amore a trama é interessante e tudo mais, mas infelizmente não chamou minha atenção!
    são zumbis, mortes e destruições! não rola!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Lelê o que é isso? Fiquei curiosa com esse livro só de ler a resenha e já estou maluquinha por toos eles. Adoro zumbis, vampiros (os que não brilham) e todos os outros seres sobrenaturais que podem desmembrar pessoas! Amoooooo. :D Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Zumbis são as minhas criaturas favoritas, e fiquei sabendo a pouco tempo do autor, não acredito que ainda não o conhecia, acho muito ridículo os brasileiros darem mais importância para livros estrangeiros como The Walking Dead e deixarem de lado algo tão sublime como Vale dos Mortos e Batalha dos Mortos.
    Com certeza irei adicionar esse livro nas minhas próximas aquisições.


    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  10. Meu Deuuus, deve ser muuuuito bom, já to imaginando *-*

    ResponderExcluir
  11. muito ansiosa para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi Lele!

    Essa série é uma das minhas preferidas! Rodrigo me cativou com sua escrita e me tornei fã da pessoa que ele é tbm! Fiquei "p" da vida com o final,não vejo a hora de ler A Senhora dos Mortos!

    Parabéns pela resenha! bjo bjo^^

    www.livrosdeelite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Esse livro me parece ser ótimo, acho que vou comprar!

    ResponderExcluir
  14. Adorei as quotes na qual você destacou na resenha já li o livro e com certeza lerei ele novamente quando tiver tempo

    ResponderExcluir
  15. Olá menina, demorei, mas vim ler tua resenha sobre a batalha. A série tá realmente excelente, se superando a cada novo volume, deixa a gente sempre com vontade de ler o próximo.

    Tua resenha é perfeita, parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Eu simplismente amo livros com esse tema!
    Se pudesse teria todos hahaha

    ResponderExcluir
  17. Ah, caramba, lendo a parte do zumbi, já me desejei ter o livro, como já disse adoro thrillers e terror...
    Já tinha ouvido alguns comentários a respeito desse livro, e claro foram muito bons os elogios, não tive a oportunidade ainda de obter a obra, mas com certeza pode entrar na minha lista, como In nomine patris... obra nacional e parece-se um pouco com este...
    Beijos Alessandra :*
    Thay
    http://oslivrostemasas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Resenha bem elaborada, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, facilitando o entendimento, despertando o interesse dos leitores.

    ResponderExcluir
  19. Tem coisa melhor do que um livro nos fazer soltar palavrões assim?!?! kkkk
    Achei massa essa ideia que o autor colocar não apenas os zumbis como os perigosos, mas os humanos também. Muitas vezes, eles são piores do que esses mortos-vivos. E o que falar de um autor que não tem medo de matar personagens legais?!?! Só digo que quero ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  20. Minha nossaaaaaaaaaaaaaa...que sensacionallllllllll....você me convenceu a ler e desejara ter toda esa série só por essa resenha..estou desesperada aqui agora r apoder ler o livro 01 e saber mais sobre o casal Ivan e Estela, sem contar que tb quero saber como tudo começou e ver o que acontecerá com as gêmeas, se se reencontrarão e tudo mai..adoreiiiiiiiiiiiii...ai pro topod alsitad e desejados...
    bjs e fique com Deus

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo