#Resenha: As Primeiras Quinze Vidas de Harry August



Título: As Primeiras Quinze Vidas de Harry August

Atora: Claire North

Páginas: 448

Editora: Bertrand Brasil


Resenhado por: Renata Brito
   

COMPRE AQUI: BUSCAPÉ,  AMERICANAS,  SUBMARINO,  SARAIVA,  AMAZON














     As Primeiras Quinze Vidas de Harry August, escrito por Claire North e lançado pela Editora Bertrand Brasil, foi algo muito especial de se ler.

     Só pelo título, não é possível identificar do que se trata, (mas quando um simples título ajuda realmente...) a sinopse também pode confundir. Há quem possa achar ser um romance espirita, NÃO É! 

     Há quem possa achar que é uma ficção cientifica, NÃO É! 

     Também não é um romance histórico, romance romântico, literatura fantástica, literatura juvenil, literatura high-tec... Não consegui classificar, pode ser tudo isso, como também pode não ser nada disso. Tudo é possível e uma só vida não é possível para contar essa história, foi preciso 15.

     Harry August, filho de um senhor rico e uma empregada morta no parto, foi criado nas terras de seu pai, por um empregado. História comum, mas não se limite, Harry tem um dom ou uma maldição. Quando morremos, continuamos em frente em uma linha filosófica ou religiosa, talvez apenas acabacemos e vamos para o nada. Não sei o que nos acontece, nem vou tentar entrar no mérito desta discussão. Mas o que acontece com Harry é realmente estranho. Harry August repete sua história de nascimento, vida após vida, morre e retorna ao nascimento e lembrando-se de todo da vida anterior, mantendo imutável apenas a forma que Harry August foi concebido e as condições do seu nascimento, leva vida após vida tentando entender onde ele deve chegar ou fazer de diferente, a razão de ter este dom ou maldição e quem são a sociedade Cronos.

     Uma mensagem passada de crianças para adultos com o dom de Harry, no leito de morte, remontam mil anos no futuro e é simples: o mundo vai acabar a menos que alguém possa mudar o passado para que seja possível um futuro menos apocalíptico. 

     Ainda não sei o que senti lendo essa historia, se angustia, se medo, se desespero, se êxtase, se empolgação, se esperança... Não sei... Mas uma leitura de entretenimento que nos faz “pensar fora da caixinha”, não costuma ser comum.

     Leia e sinta todas essas emoções... Depois volte aqui para me contar.






























5 comentários:

  1. O título do livro é bem intrigante e a capa também!
    Como não conhecia nada sobre o livro, estou aqui tentando saber mais e com isso, entender se quero ou não ler o livro.rs
    Ao mesmo tempo que parece uma bagunça fora de ordem, parece que tudo se encaixa de uma maneira única!
    Vou procurar saber mais informações!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Uma história que pode ou não prender o leitor basta saber entender o que se passa dentro da história, me pareceu ótima e adoraria ler.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  3. Renata!
    Na falta de uma classificação mais propícia, uma ficção/fantasia seria apropriada...
    Que causa curiosidade, causa, porque ficamos com aquela vontade de ler o livro para saber o que realmente acontece com Harry...
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. eu achei bacana a trama, no momento em que estou e o fluxo de minhas leituras não sei se leria, mas é um livro a se pensar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata! Eu estou bem curiosa para saber sobre o que realmente trata essa história, pelo visto foge dos clichês. Preciso me programar para ler. Bjos!!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo