Resenha: A Educação de Caroline



Título: A Educação de Caroline  

Autora: Jane Harvey-Berrick

Páginas: 382

Editora: Novo Século


Resenhado por: Natasmi - Claquete Geek



COMPRE AQUI: BUSCAPÉ












❝Dez anos atrás, Sebastian era a mais gentil das almas. Inevitável pensar em seus vários atos de bondade comigo. Bem, aquilo tinha sido há muito tempo; era óbvio que ele me detestava agora.❞



     Depois de um final dramático Caroline e Sebastian foram obrigados a se separar. O romance deles não era só proibido, como também criminoso aos olhos da lei. E Caroline teve que escolher entre ficar ao lado do seu amado ou ser presa.


     Dez anos se passaram, sem que Caroline tivesse qualquer contato com Sebastian. Uma nova vida a distanciou da mulher fraca e imatura do passado. Ela agora tem uma profissão da qual se orgulhar e será essa mesma profissão que a colocará novamente frente ao único homem que verdadeiramente amou.


     Sebastian não é mais o mesmo desde que foi abandonado pela mulher de sua vida. Ele contou os dias e as horas até que seu telefone tocasse com notícias daquela que era dona do seu coração, mas o silêncio do aparelho tomou conta de sua vida e agora ele afogará as mágoas em bebida, mulheres e em uma carreira perigosa que pode colocar sua vida em risco.


     Caroline e Sebastian seguiram suas vidas aos trancos e barrancos, machucados e com uma ferida que nunca cicatrizou. Em um reencontro inesperados, perguntas irão surgir e sentimentos serão postos à prova. Será essa a chance para finalmente serem felizes juntos ou eles estão tão quebrados que nenhum amor poderá consertar?

❝Por outro lado, talvez a vida seja o que acontece quando você menos espera.❞

❤❤❤


     Se você leu a resenha da história anterior, vai saber que eu mencionei vários aspectos que me incomodaram na história de Jane. Entre eles a imaturidade e fraqueza da protagonista Caroline. Suas atitudes egoístas ficaram ainda mais evidentes no final quando abandonou seu amado Sebastian sem nem olhar para trás.


     Claro, ela ia ser presa. Não havia outra opção. Não havia mesmo, não naquele momento. Então fiquei surpresa ao ler a sinopse de A Educação de Caroline, e descobrir que 10 anos se passaram sem que aquele casal apaixonado que fazia juras de amor, houvesse se reencontrado. Como assim 10 anos?!!!!


     Mas preciso dar mérito à autora, nesse livro as coisas finalmente adquiriram um tom mais adulto.

     Caroline agora é uma mulher decidida, dona da própria vida, que tem orgulho próprio e não depende de ninguém. Ela evoluiu e com isso ganhamos uma história diferente da anterior.




     Sebastian, por sua vez, mudou tanto de personalidade que ao menos para mim, se tornou IRRECONHECÍVEL. Não consegui associar o adolescente gentil e meigo à esse homem bruto, mulherengo e confuso. Parece que trocaram de personalidade. Agora ele é o imaturo, que faz as coisas sem pensar e brinca com o sentimento alheio.


❝Eu o encarei desconfiada. O menino que eu conheci jamais teria me machucado - mas ele tinha embora há muito tempo. Eu não conheceria mais quem Sebastian era - ele era um estranho.❞

     Não entendi o que a autora quis fazer no início da trama. Ela tentou criar uma tensão no encontro, uma que eu particularmente adorei. Porém falhou em sustentar o argumento e logo voltamos às boas encontradas no livro anterior.

     Romance, briguinha, beijos, xingamentos, promessas de amor, ciúmes, sexo, e muita enrolação desse tipo até a metade do livro. Foi arrastado, com um ritmo lento, e senti tanto que com personagens tão mais atrativos o enredo tenha ficado tão pobre.


❝Você é como uma droga para mim, Caro. Nunca me canso de você. E eu gosto muito, muito mesmo de sexo matinal.❞


     Do meio pro final, a história dá uma guinada interessante e nos traz a carga emocional que fez com que eu estimasse esse livro mais do que seu antecessor.

     Como pano de fundo temos uma guerra cruel que é apresentada belamente pelas mãos da autora e não há como não sentir a intensidade dos momentos vivenciados por nossos personagens.

     Jane conseguiu descrever cada cena de ação com uma riqueza de detalhes impressionante, e não foi com surpresa que ao ler os agradecimento ( sim eu faço isso, acreditem) descobri que ela pesquisou muito para escrever essa história.


❝Estávamos bem, porém em algum lugar na noite lá fora, pessoas haviam perdido suas vidas; naquele mesmo momento estavam caídas no chão, sangrando na poeira. Às vezes era importante estar na linha de frente, contando às pessoas lá em casa o que acontecia nessa guerra, capturando a miséria de outras pessoas nos filmes ou em fotografias, perguntando a elas em seu momento mais desesperado para nos dar uma declaração para arquivar e mandar pra casa. Serviço feito.❞


     Acho que além de todo o romance e o erotismo encontrados na obra, a autora conseguiu trazer uma mensagem importante para nós mulheres. Caroline era uma mulher fraca e submissa que por meio do amor de Sebastian se tornou alguém livre, e forte. Ela não muda quem é, nem deixa de lado as coisas que gosta por um homem, nem que esse homem seja aquele que lhe impulsionou a ter uma vida diferente.

     E nesse gênero, estamos carentes de personagens femininas assim, por isso, recomendo a história, mesmo com seus altos e baixos.


     Abraço e Bons Livros ❤



4 comentários:

  1. Lelê,li esses dois primeiros livros dessa trilogia e confesso que o primeiro também não gostei tanto,mas o segundo acabou também me envolvendo mais ,não só pela mudança da protagonista,mas também pela viagem realizada pelo casal tão bem descrita,quanto pela arrasadora guerra do Afeganistão tão bem retratada.Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Bom saber que o enredo ganha em maturidade de uma obra para a outra. Além disso, esse crescimento apresentado pela protagonista também me agrada demais, o que me faria, talvez, dar uma chance para a obra.
    Boa resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  3. a trama parece ser bem forte, com o ar dramático que ficou característico em um segundo livro de romance. Que bom que a personagem feminina ganhou destaque ao longo da história
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Como ainda não li nada a respeito destas obras, me perdi um pouco. E fiquei querendo conhecer os dois lados. O da menina imatura e do garoto apaixonado, como também da mulher que se transformou com o homem que foi obrigado a mudar suas atitudes.
    Romance e erotismo...amo muito essa combinação e claro que a capa é um show a parte!!!
    Quero muito ler!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo