Resenha: O Filho da Perdição

  

Título: O Filho da Perdição - As Crônicas dos Irmãos Celestiais

Autora: Wendy Alec

Páginas: 440






COMPRE AQUI: AMAZON,  EXTRA,  BUSCAPÉ













     O melhor livro da série!!

     O primeiro livro eu gostei por ser diferente dos outros. Por trazer a história mais antiga do mundo de forma inovadora.

     O segundo livro da série, “Messias: O Primeiro Julgamento”, eu adorei por ter  guerras sangrentas, vinganças, traições e personagens fortes, sofridos e que me conquistaram rapidamente.

     Agora em “O Filho da Perdição”, terceiro livro da série “As Crônicas dos Irmãos Celestiais”, foi  impossível não me apaixonar de vez logo nas primeiras páginas. É incrível como a autora consegue me laçar e me jogar de volta ao seu mundo sem nenhuma dificuldade ou estranhamento.

     “O Filho da Perdição” começa exatamente onde “Messias: O Primeiro Julgamento” terminou. Wendy Alec tem um jeito de contar sua história que não tem necessidade de recapitular nada. Ela simplesmente da continuidade e pronto.

     E mesmo depois de meses sem ler nada dela, é como se tivesse passado apenas uma noite. Como seu eu tivesse lido um livro ontem e continuado o outro hoje. Este é o poder da narrativa da autora.



"Deitou-se pesadamente no colchão duro e fechou os olhos. Seu corpo estava ficando cada vez mais fraco; dava para sentir isso"



     No segundo livro da série a autora havia dado algumas pinceladas na vida de Nick e de seus familiares, explicou algumas coisas sobre sua saúde e seu desentendimento com o irmão. Agora esse mesmo Nick se tornou extremamente importante para a trama.

     Estamos em 2021, Nick está muito mal de saúde. A Aids vem de forma severa e piorando mais e mais a cada dia, mas nem isso o intimida de fazer o que ele acha importante. Às vezes parece até que ele não se importa com seu estado, o que ele quer mesmo é resolver todas as suas pendengas antes de morrer.



"Depois, dividiremos o mundo em dez superblocos. Encenaremos um falso incidente, nuclear ou bioterrorismo, com uma gripe aviária, ou varíola, transformada em arama, e instituiremos uma lei marcial e a vacinação obrigatória."



     Jason de Vere é o irmão que Nick. Eles não se falam há anos. Desde o acidente que Nick sofreu junto dom sua sobrinha Lily.

     Lily é a filha de Jason e está confinada a uma cadeira de rodas. Ela tem apenas dezesseis anos.

     Mesmo com tantos personagens novos vivendo no ano de 2021, ainda temos algumas passagens em 2001, com flashes em setembro deste ano, mais precisamente nos arredores do Word Trade Center.

     Além de outros tantos acontecimentos que vão se interligando e fazendo todo o sentido. Enfim, o que sabemos sobre o ano de 2021 é que o mundo já passou pela Terceira Guerra Mundial, e que está se reerguendo.

     Empresas de grande porte eram a salvação de tudo, e com isso, se tornavam cada vez mais potentes, assim como seus administradores. E Jason De Vere era agora praticamente o dono do mundo. E ainda assim o ódio por Nick continuava inabalável.



"A Terceira Guerra Mundial tinha terminado catorze semanas antes, com o ataque nuclear do Ocidente sobre Moscou."



     Mesmo a trama central se passar em 2021 depois de mais de uma grande guerra, é inegável reconhecer aspectos do nosso dia a dia hoje, como por exemplo, a exploração da mídia, a sujeira política, as alianças que são formadas para a melhoria de vida de uma minoria... E ao mesmo tempo conseguimos visualizar essa situação entre os irmãos Jason e Nick como exemplos modernos de Lúcifer e seus irmãos Gabriel e Miguel; Caim e Abel e tantos outros irmãos que tiveram desavenças, e nenhum deles tiveram bons finais; e mesmo assim não serviram de modelo. É tão fácil identificar o caminho certo que deve ser seguido, mas é tão difícil encontrar esse caminho.



"Era um fato indiscutível.Seu irmão mais velho era, naquele momento, a figura pública mais influente do mundo civilizado."



     Mas é claro que teremos Lúcifer e sua corja de decaídos; assim como temos também Gabriel, Miguel e todos os anjos guerreiros de volta para proteger e salvas os filhos de Jeová.

     Como sempre essa Guerra entre eles acontece aqui, e os humanos não são só usados como arma, mas também como prêmio. Quem ganhar levará toda a raça humana e toda a criação de Christos.



"Lúcifer parou sob a imensa escultura de Abraham Lincoln sentado, seu metro e oitenta minimizado pela estátua entalhada em mármore branco da Geórgia."



     Esta série não veio discutir religião, ela chegou para mostrar uma nova maneira de encarar as histórias que já conhecemos. Vem abrir os olhos para o que vivemos na atualidade e ainda tenta descortinar como será o futuro da humanidade e do planeta de maneira crível e sincera.

     Tudo isso misturado com o melhor que um romance épico pode oferecer.

     Impossível não recomendar para todos os leitores. A cada livro lançado eu acredito que mais leitores deveriam ler. Desde aqueles que adoram livros com guerras e lutas que saltam das páginas, até os que adoram um bom romance policial carregado de intrigas. Pessoas que gostam de recontam histórias, ou de livros que trazem discussões de coisas do cotidiano.

     Todos devem ler.



"Meu plano para aniquilar a raça dos homens está bem mais adiantado do que Jeová ousaria admitir. Meu filho se eleva, nestes tempos, nos corredores dissolutos e maliciosos do poder político."

"Era uma caixa ornamentada, com cerca de um metro e vinte de comprimento e oitenta centímetros de altura, feita de madeira e revestida de ouro, Um aro de outo decorado envolvia a tampa e nos quatro cantos havia aros pelos quais era possível passar hastes a fim de carregá-la. Na tampa havia duas figuras de anjos, um de frente para o outro - querubins de ouro batido, as asas estendidas para a frente."


" - Se o governo mentiu e acobertou o assassinato de JFK, tia Ju... - Alex olhou para ela com uma expressão sinistra -, e eles fizeram isso, sobre o que mais não terão mentido? - Ela cravou os olhos nos de Julia. - E quem realmente está no poder?"











Olha só o blog na orelha do livro ♥
  











Deixe seu comentário e concorra ao livro 

8 comentários:

  1. Me recordo muito dos primeiros livros e de como você indicou a leitura deles! Agora chegando nessa resenha,eu entendo o porque de tudo. Mesmo envolvendo religião, demônios, anjos...e não ser um assunto que eu goste demais, me vi envolvida demais pela trama. E com certeza, quero ler!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Lelê,não li essa série ainda,mas fiquei bastante interessada na trama e conhecer de perto o personagem Nick,que apesar de estar com aids é incansável.Achei bem dramático também sua sobrinha Lily estar em uma cadeira de rodas.Interessante falar de uma terceira Guerra Mundial.É bem curioso também a parte da guerra celestial entre anjos.Realmente estou bem curiosa.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Lelê, eu fico cada vez mais tentado a ler uma série conforme os livros vão sendo lançados, e especialmente quando vejo as resenhas por aqui. Com três livros lançados já dá para me arriscar na leitura dela, quero muito conhecer novos autores neste ano, então essa, com certeza, é uma boa pedida.

    Dois abraços!

    ResponderExcluir
  4. oi Lê que bom que a série continua agradando, eu não curto muito esse tipo de livro, mas agradeço a dica!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lê!
    Não conhecia a série, e gostei muito da resenha. Que bom o livro ter superado tanto os volumes anteriores! Deve ser mesmo uma estória cativante, vou pesquisar saber mais. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com | Participe do sorteio

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lelê.
    A premissa do livro é muito boa, o que me agradou demais. Sem falar que adoro essas "releituras" dos enredos bíblicos.
    Além disso, o fato de todos os livros da série serem bons me chamam a atenção, visto que isso é raro de acontecer.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  7. Lê!
    Parece mesmo ser um bom livro com enredo criativo e atividade constante.
    Não li ainda nenhum dos livros da série...
    “A dúvida é o princípio da sabedoria.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lê.
    Ainda não conhecia essa série, mas agora fiquei super curiosa!
    Também... Depois de uma resenha boa e animada como essa, não tem como não ficar, né?! rs...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva
    www.leitoracompulsiva.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo