Resenha: O Álbum

   

Título: O Álbum

Autor: Timothy Lewis

Páginas: 237

Editora: Novo Conceit




COMPRE AQUI: BUSCAPÉ















     Amor eterno!

     Sempre achei que o "amor eterno" fosse uma metáfora, pois o amor tende a acabar quando um dos dois morre, ou até mesmo os dois. Uma coisa meio Romeu e Julieta.

     Em "O Álbum" o amor transcende essa existência. Ultrapassa todo o tempo e renasce.



" - Preciso - eu disse em voz baixa, tentando decidir se ela era intuitiva o bastante para se comunicar em um nível mais profundo que uma simples conversa. - Minha esposa e eu nos divorciamos há alguns anos. Eu preciso saber onde foi que erramos."
Pag. 99


     Neste livro vamos conhecer Adam, um homem que não acredita mais no amor.

     Ele já amou, mas seu casamento acabou, e com ele a esperança de ser feliz.

     Um dia ele sai para trabalhar e se depara com uma coisa inusitada. Adam deve esvaziar uma casa para ser vendida, e nela ele encontra, junto com várias relíquias, um álbum cheio de postais com poemas no verso. Muitos postais.

     Imaginem que cada postal foi recebido todas as sextas-feiras por sessenta anos. Todos enviados de Gabe para Huck.


"Em doze anos de casamento, tivemos nossa parcela de dificuldades, mas todo mundo não passa por isso? Eu nunca havia duvidado do nosso amor, nem enxergado uma vida sem ela."
Pag. 9

     Gabe é o personagem mais romântico que já vi num livro. Ele olhou para Huck e decidiu que ela seria a mulher dele. Mas não desse jeito machista que você deve estar pensando.

     Huck estava noiva, e terminar um noivado assim não era uma coisa muito comum em 1926. Por isso que Gabe teve que se esforçar.

     E essa conquista não acabou no dia em que Huck aceitou ficar com ele, Gabe continuou sendo romântico e conquistando sua esposa por toda sua vida. E depois dela.

     Adam fica com esses postais na cabeça e acredita que neles estão a resposta para sua falta de esperança.
     
     E realmente estão.

      A história é narrada em primeira pessoa por Adam em 2006. E em terceira pessoa pelo ponto de vista de Yevette em 2004.

     Yevette conhecia muito da história por trás dos postais. E também em terceira pessoa em 1926 com a história de amor de Huck e Gabe.

     No começo essas mudanças de tempo me deixaram um tanto confusa, mas conforme a leitura avançava essa estranheza passou e eu comecei a ansiar em voltar para 1926. Depois eu queria mais e mais estar em 2004 com Huck e Yevette, e finalmente conhecer mais o Adam de 2006.

     Sentirei saudade de todos eles.

     Uma trama gostosa, profunda e carregada de sentimentos.

     Mais emocionante ainda foi descobrir que o autor se baseou na vida de sua tia-avó, que recebia cartões-postais toda sexta-feira com poemas... E isso por sessenta anos.

     Sim! Isso realmente aconteceu. Mas ele não usou nenhum deles neste livro. Pelo contrário, alguns dos poemas deste livro o autor criou para homenagear pessoas que ele ama.

     Aí tudo ficou muito mais lindo!

     Recomendado para todos os românticos. E todos que por algum motivo deixaram de acreditar no amor.






















26 comentários:

  1. Suspira, dona Angela!!!
    Menina, eu amo um bom romance, ainda mais quando é destes, que mexe com todo tipo de sentimento. O desacreditar do amor, o reencontro com as falhas e a possibilidade de vir a acreditar novamente!
    Já amei o livro assim , de graça. E claro que farei de tudo para ler!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra ler esse livro, sou super romântica, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Lelê.
    Não sou muito fã de romances, mas fiquei curioso com esse, exatamente porque ele não parece ser água com açúcar. Além disso, quero ver a reação do protagonista que não acredita no amor ao ler tantos postais apaixonados.
    Parece ser um livro incrível!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Lelê, parece um livro interessante - gosto de romances quando os autores optam por mesclaer a narrativa nos tempos atuais e passados, este foi, inclusive, uma das razões que me fizeram gostar tanto de "A Casa das Orquídeas"!.

    Infelizmente não o solicitei, mas vai pra lista ;)

    ResponderExcluir
  5. Pela sua resenha que é a primeira que leio sobre o livro, parece-me que ele é bem romântico e bastante interessante. Gostaria muito de ler.

    ResponderExcluir
  6. oi flor,
    esse foi um livro que não sai da minha cabeça! que por mais que eu leia outros sempre me volto nele por algum motivo, a história é muuuuuuuuuuuuuito intensa!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Lê, essa é a 2ª resenha lida e mais apaixonada estou. Você conseguiu me mostrar detalhes bem diferentes e que fixassem a vontade de ter e ler esse livro. As vezes fico meio confusa também com mudanças de tempo mas depois tudo se ajeita.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  8. Lê!
    O livro parece perpetuar o verdadeiro amor entre Huck e Gabe.
    E tem coisa melhor do que 60 anos de amor evidenciado através de cartões postais?
    Gostaria demais de poder ler esse livro.
    “Somos feitos de carne, mas temos de viver como se fôssemos de ferro.”(Sigmund Freud)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  9. Já faz um tempo querendo ler e adquirir esse livro, mas sempre algum livro passa na frente e acabo deixando esse livro para trás. A história desse livro e muito bem construída, e muito linda, e acaba fazendo com que o leitor se envolva com a história, espero não me decepcionar com a leitura.

    ResponderExcluir
  10. Lelê,amo ler livros que falam de amores verdadeiros que transcendem o tempo e vão por uma vida toda,como de Romeu e Julieta,quero acompanhar Adam em sua trajetória acompanhando a história desse amor verdadeiro que lhe será contado e isso certamente o modificando,essa é a história de Gabe e Huck,está terminou um noivado por ela,que lindo será acompanhar esses postais durante 60 anos e além e ao mesmo tempo o coração de Adam se enche de esperança ,quero muito ler beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros românticos que intercalam presente e passado , embora esse livri não tenha despertado minha atenção à princípio, fiquei agora com vontade de lê-lo...deve ser uma bonita história!

    ResponderExcluir
  12. No Mundo teem muitos Adans e Maria,Luizas ............Falta de Amor tá demais .Vou AMamr Ganhar.sorte.................naninha1966@oi.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Alessandra,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, não sabia o que espera dele, agora você me deixou com vontade de lê-lo....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Lele!!

    Não imaginava do que o livro se tratava, mas já adorei a capa desde que a vi. Sintonia sabe.
    Achei muito linda a história e eu amo romances assim, verdadeiros, puros, simples. São os melhores! O livro me lembra alguns do tio Nicholas, e isso é bom, porque um romance lindo as vezes é tudo que precisamos! Eu adoro (principalmente na tpm kkkkkkk).

    Super curti a resenha e o livro, estou torcendo pra ganhar. E para um dia meu marido me enviar cartões postais com poemas! <3

    Beijo!
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Que livro lindo. Adorei a diagramação dele, muito fofa!
    A sua resenha me deixou bastante curiosa sobre o livro, pois trata de vários personagens com histórias de amor emocionantes.
    Gosto muito de livros que voltam no tempo para resolver alguns segredos ou contar o início de tudo. Espero não me decepcionar com este!

    ResponderExcluir
  16. É tão difícil encontrar e existir um amor tão lindo assim,que ler um livro como esse nos dá até esperança no mundo.
    Como sou romântica,gostaria de receber cartões postais como esse...
    Adorei a história e gostaria muito de ler o livro. :)

    ResponderExcluir
  17. O Álbum me pareceu com uma história um pouco clichê em seu começo. Mas, ao decorrer da resenha, pude perceber que a trama é muito bem criada, envolta de muito amor e de como ele deve ser tratado. Gostei do personagem masculino não ser aqueles machistas que vemos em outros livros e das mudanças de tempos. Uma leitura válida!

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da resenha, pois não tinha me interessado muito só pela capa, mais uma vez to levando um tapa na cara por julgar o livro pela capa, esse romance me despertou um interesse grande pois é diferente dos que costumo a ler.

    ResponderExcluir
  19. Uma linda historia de amor de Huck e Gabe que se perpetua por mais de 60 anos belo e inspirador esta obra vale ser lida e apreciada .

    ResponderExcluir
  20. Uma Linda historia e muito lindo o livro

    ResponderExcluir
  21. Sua resenha ficou encantadora e me deixou extremamente curiosa sobre a obra. Pelo jeito o envolvimento dos personagens foi muito bem construído e deixou boas impressões. Minha curiosidade para ler foi despertada principalmente pelo fato do autor inspirar esta história na vida de sua tia-avó, deixando tudo mais real.
    Adoraria ter a oportunidade de ler e ser cativada tão quanto você foi.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Hello!
    Eu já estou de olho nesse livro tem um tempo, desde o seu lançamento que gostei da sinopse e achei tao lindo a capa, a historia de amor. Como vc disse o Amor eterno!
    Com certeza vou me emocionar mto lendo e vou adorar acompanhar a historia do casal Huck e Yevette e como Adam vai mudando em relação ao amor.
    Livros com mudanças de tempo me deixam confusa no inicio tb, até eu me acostumar.
    Não sabia que o autor tinha se baseado na vida de sua tia-avó, com certeza é um livro para nos inspirar.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  23. Esse livro já estava na minha lista ,e agora depois de ler a resenha quero mais ainda,adoro esses romances complexos e que tem alguma base em algo que realmente aconteceu.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...