Resenha: Do Inferno


Título: Do Inferno

Autores: Alan Moore & Eddie Campell

Páginas: 592

Editora: Veneta




COMPRE AQUI:  FNAC,  SARAIVA,  BUSCAPÉ,  AMAZON,  

  







     Estou embasbacada com tudo que vi aqui!!

     Já li algumas coisas sobre a possível identidade de Jack, o Estripador, mas nenhuma foi tão visceral quanto "Do Inferno".

     Visceral foi uma palavra um pouco forte em se tratando de Jack, mas enfim... Vamos lá.




 



     Foi uma delícia passear por Londres no final de 1800, mesmo nas condições desse passeio, rs.

     O Prólogo "Os Velhos na Praia" já é um conto ótimo, e o início da mais sinistra das histórias de Serial Killers já contada.

     Os dois velhos na praia são os únicos que sabem o que realmente aconteceu na velha Londres, mas seria muito chato se eles contassem tudo já no início; então no Capítulo Um é que tudo começa e o bicho pega.

     Imaginem vocês; dois jovens se apaixonam e vivem esse amor. Porém, depois de um tempo juntos, policiais levam o jovem homem e prendem a moça. 

     O homem nada mais é do que o Príncipe que estava vivendo uma aventura nas ruas de Londres, e a moça, uma pobre mulher que já tinha dado luz à uma menina, filha do príncipe fujão.

     A menina vai parar nas mãos de uma prostituta que sabia de tudo que tinha acontecido.

     Ela e suas amigas, que também tinham o mesmo trabalho, resolvem mudar de vida com uma ameça clara à Rainha. 

     Elas precisavam de dinheiro, então a ameaça é simples. Pague ou contaremos tudo.

     

 


     E é então que entra na história o homem que deverá eliminar as mulheres que pretendem sujar o nome do Príncipe e da Rainha. 

     Com rituais Maçons, com envolvimentos políticos, com loucuras e muito mais, os assassinatos  começam.

     Essa HQ não deve de maneira nenhuma ser lida por crianças, pois até eu que já estou acostumada com cenas fortes, fiquei um pouco chocada em alguns momentos.

     E isso se dá também pelo trabalho fenomenal do ilustrador, que não mediu nenhum esforço para chocar com seus traços.

     Usando somente o preto, com páginas tão escuras que dão até medo.

     Um narra todas as atrocidades feitas pelo Serial Killer, e o outro ilustra isso com perfeição. Imaginem minha cara de pasma... pode imaginar agora.


  
 


     Como eu disse, já li várias coisas sobre a possível identidade do verdadeiro Jack, o Estripador. Assim como também sobre suas motivações, mas nada foi tão cabível quanto "Do Inferno".

     Arthur Conan Doyle dizia que o Jack era uma mulher. Outros diziam que era um barbeiro travesti. Claro que muitas histórias levam a suspeitar do próprio Príncipe Albert. E teve quem acusasse o médico que cuidava da saúde da Rainha.

     Sempre achei essa última a mais plausível. Mas claro, essa é minha o opinião. E é justamente assim que Alan Moore nos contou sua história, com mais alguns detalhes que ele criou, mas que deixou a história melhor ainda. Deu vida às personagens que até então não apareciam e que eu nem mesmo sabia que existiam.



 


     Você pode achar mórbido explorar o mundo que foi criado em volta de cinco mulheres assassinadas de maneira cruel e um assassino desconhecido, mas a história de Jack é muito maior que isso. Ela leva o leitor a supor, imaginar, tentar descobrir quem é de verdade. E isso já tem mais de cem anos, e até hoje todos que leem tem a mesma sensação. 



 


     Depois de ler essa HQ, estou disposta a ler o Diário de Jack, O Estripador e tirar todas as minhas conclusões. Pois em um certo momento da leitura de "Do Inferno", o inspetor Aberline  cita algumas cartas recebidas, e algumas coisas que ele mesmo escrevia em seu diário, e claro que eu fiquei extremamente curiosa sobre todo esse mundo.

     Claro que não vou ler agora, preciso de um tempo pra respirar depois disso tudo, mas vou ler sim. Com certeza!!



 


     Recomendo muito a leitura desta Graphic Novel. Ela é perfeita em tudo do começo ao fim. 

     E por falar em fim; o leitor é agraciado com um epílogo que é a continuação do prólogo, eu simplesmente amei isso!! Além de dois Apêndices, um escrito com comentário sobre todos os capítulos, e o segundo ilustrado com as explicações do autor de como ele chegou até as conclusões e as motivações para escrever esta obra. O porque de ele acreditar que sua conclusão é a verdadeira. 






 


     Ouvi várias pessoas dizerem pra mim que é caro demais, que está além das possibilidades... Gente, vale cada centavo gasto.

     É capa dura com um tamanho maior que os outros livros. As páginas não são em papel fotográfico, mas são mais grossas que as páginas normais. E pasmem, diferente das outras HQ's, elas são amareladas. Achei que isso não ficaria bom por causa das ilustrações em preto e branco, mas que nada, achei perfeito!!!

     A tradução e revisão estão ótimas. Tudo coube perfeitamente dentro de cada balão. 

     O que acontece e que muitas pessoas não sabem, é que o trabalho vem pronto, ou seja, as ilustrações com seus balões estão prontinhos. A tradução e revisão tem que caber dentro do balão que já está pronto. Como a grafia é diferente, muitas vezes o texto acaba ficando sem sentido, ou pequeno demais, e nem sempre fica legal, mas aqui isso não acontece. Tudo ficou impecável mesmo.



 


     Eu amei muito!!! E valeu mesmo o dinheiro investido. Isso não é só uma leitura, é um investimento mesmo!!





 

















10 comentários:

  1. Ooiêê!!!
    ainda não tinha visto nada desse livro, mas gostei bastante de ver por dentro,
    eu me apaixonei quando eu vi essa primeira imagem, sou muito fã de Corvos
    vou anotar a dica
    Bjks

    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Tenho este livro na pilha cá em casa para ler.
    Gostei muito da resenha.
    Boas leituras. :)
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  3. Nossaaa lelê que resenha deliciosa....
    sério me deixasse toda animadinha para ler!
    Simplesmente adorei!!!
    beijos enormesss

    @DominoSimmons

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lelê.
    Eu já tinha interesse no HQ, principalmente porque ele é lindo e possui ilustrações incríveis. Sim, já fiquei babando por ele. haha
    Agora sabendo que além dos belos traços ainda existe uma história visceral, fiquei com mais vontade ainda de ler a obra. Preciso desse livro para ontem!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  5. nada de crianças e pessoas de estômago fraco! meu Deus que história de terror, mais que terror, de horror! to fugindo pras montanhas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Quando você apresentou este livro, acho que em uma caixa de correio, eu fiquei a princípio, assustada com o que vi e ouvi.
    O tamanho do livro é meio assustador! Não em páginas, mas em tamanho mesmo e claro, fiquei fascinada com as ilustrações.
    Sou fã de livros que trazem ilustrações, ainda mais quando são assim, tão reais, tão intensas.
    Mas também com um tema pesado assim,não poderia ser diferente!
    Não sei se está dentro do meu pequeno orçamento..rs mas farei de tudo para ler esta obra, mesmo não sendo tão fã de Hq's.
    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu sou super fã de HQs e mangás, mas não estava querendo comprar esse exatamente por conta do preço, afinal estamos vivendo tempos difíceis... Rsrsrs
    Mas depois dessa resenha sua, eu quero muito mais! Hahaha
    Serei obrigada a comprá-lo também! Só tenho que arrumar o $$ primeiro... xD

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. tô louca pra conferir essa hq, pena que o preço tá bem salgado pro meu bolso TT_TT
    as imagens são lindas. :D

    ResponderExcluir
  9. Sem dúvidas, é a história em quadrinhos mais complexa (bem amarrada e construída) com a qual tive contato. chega me falta palavra p falar , ótima resenha :]

    ResponderExcluir
  10. Oi, Alessandra!

    Do Inferno já está na lista de desejados desde que vi o seu vídeo de Lidos em Abril. HQ e Alan Moore na mesma frase já são sinônimos de altíssima qualidade mas a sua resenha me deixou com ainda mais vontade (e medo!) de ler. Entre custar caro e realmente valer, você realmente deixa claro que Do Inferno é o segundo caso. Deus, eu PRECISO ter esta belezinha na minha estante! xD
    Beijos!!!

    Airechu
    Navegador da nave Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
    http://multiversox.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...