Resenha: Eu é um outro


Título: Eu é um outro

Autor: Hermes Bernardi Jr.

Páginas: 80

Editora: Edelbra



COMPRE AQUI:  SARAIVA











     Esses dias eu li um texto no correio do povo sobre o Hermes, e neste texto dizia que Hermes Bernardi Jr. escrevia com uma pena.

     Na hora não entendi muito bem isso, mas agora entendo completamente!!!




"Perguntei-me de quantos outros eu era esse
tanto. De quantos eus eu era? Eu era um?
E quantos tantos eus deveria conhecer
pra me descobrir em algum? Ou descobrir
o outro? E quantos outros eu haveria de
buscar pra encontrar esse um
onde eu era eu?"
Pag. 28


     Como pode um livro tão curto e tão rápido ficar impregnado em que lê por tanto tempo?? Uma leitura que talvez seja realizada em uma hora no máximo por um adulto, e que fica por dias martelando e martelando...

     Eduardo é um adolescente que está na fase de se descobrir. Quem ele é? Do que ele gosta? De quem ele gosta? 

     Para muitos isso parece simples, para outros isso não é fácil. Para alguns é só uma passagem, para outros é como escalar um muro, e talvez, pular dele. No caso de Eduardo, as barreiras parecem intransponíveis, o muro tem uma altura inalcançável. 

     Por mais que sua mãe seja presente e atenciosa, e por mais que seu pai seja compreensivo, as coisas não são fáceis. Não é fácil falar para os outros sobre sentimentos. E Eduardo tinha tantos sentimentos, mesmo não tendo certeza sobre eles, ainda assim era tudo que ele sabia. 

     Além desse conflito interno, ele ainda sofre bullying. Acho que é pior que só um bullying, é violência mesmo, física. Ainda assim só o que Eduardo quer é se abrir, ele nem liga pro seu sofrimento físico, o amor vem acima de tudo. É lindo!!


"Bem, doutor, o que acontece é que não
sou como os outros garotos.
Tenho um problema?"
Pag. 15


     O livro é narrado de forma não linear em primeira pessoa por Eduardo. 

     No início ele está entrando em um consultório, que parece ser de um psicólogo. Logo essa suspeita se confirma. 

     Então ele começa a contar tudo. Ele que nem sabia por onde começar, despeja todos seus sentimentos de uma só vez, e por isso vamos conhecer o Eduardo, suas lembranças nos são jogadas de forma direta. Variando entre momentos de seu passado, algo mais antigo, depois mais recente. Momentos tristes e de conflitos internos. 


"Vou contar uma coisa a você. Se eu
ficar sem esse outro, você, perco
a metade encontrada em mim."
Pag. 70


     Me apaixonei por Eduardo, por Manon e Márcia. 

     Não tem como falar muito pois o livro é extremamente curto, mas como eu disse, é muito intenso. Não precisa de muitas palavras para tocar no coração do leitor. E Hermes Bernardi Jr. faz isso de forma sublime.

     Nunca imaginei que o momento de descoberta de um garoto pudesse ser tão conflituosa, linda e emocionante! Simplesmente apaixonante mesmo!!

     A narrativa do autor é divina. Quase poética. Um prazer ler suas palavras. Me peguei triste e feliz virando as páginas. 

     Leia, leia leia!!! Quero descobrir mais livros do autor!! E quero trazer todos pra vocês conhecerem. Quero compartilhar sempre tanto amor assim!!!












     

6 comentários:

  1. Bom dia! Feliz natal pra você e sua família.
    Gostei da sinopse. A história tem uma trama muito boa. A sua resenha me deixou bastante curiosa a respeito do personagem e de suas escolhas do que ser na vida. Vou ver se consigo ler. E espero gostar também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lelê.
    Primeiramente, feliz Natal. <3
    Não conhecia o livro, mas me chamou a atenção. Como enfoca um momento de passagem, de mudanças, certamente o autor trabalhou muito com o psicológico do protagonista, algo que eu adoro. E se a escrita é poética, com certeza eu vou gostar ainda mais.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
  3. Olá Alessandra,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, parece interessante e fiquei bem curioso,bem diferente.... boa dica.....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Lê, gostei bastante da resenha, como sempre garimpo boas dicas
    ^^
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lelê. Adorei a resenha e me pareceu ser um livro bem legal de ler. Ainda mais para quem tem um filho né. Esse momento de descoberta, sim, porque não é um momento de escolha né. É um momento em que eles descobrem o que são, do que gostam... descobrem e não escolhem. Achei o máximo esse abordagem. Louca para conferir. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...