Resenha: Minha Metade Silenciosa


Título: Minha Metade Silenciosa

Autor: Andrew Smith

Páginas: 303

Editora: Gutenberg



COMPRE AQUI: FNAC,  BUSCAPÉ,  SUBMARINO,  AMERICANAS











     Estou derrubada, detonada, destruída. Este livro me fez sofrer horrores, mas ao mesmo tempo ele é maravilhoso, sensível, lindo, tocante e emocionante.




"Ele deu um berro de alegria, um som que
eu nunca tinha ouvido meu irmão fazer antes."
Pag. 135


     Stark McClellan é mais conhecido como Palito. Ele tem treze anos, é muito magro e alto demais, por isso o apelido. Stark não encara seu apelido como bullying e sim como um nome mesmo, pois Stark é um nome muito estranho, e talvez seus pais tenham tido mesmo a intenção de fazer os filhos passarem por esse ridículo, talvez os nomes escolhidos fossem o primeiro castigo.


"Minha mãe nunca fala sobre minha orelha.
Aliás, ela dificilmente fala comigo."
Pag. 13


     Bosten, o irmão mais velho de Palito, é seu exemplo e porto seguro. Na medida do possível, Bosten tenta dar ao irmão o amor que nenhum dos dois encontra em casa.

     Os pais dos garotos são pessoas da pior espécie. O pai é alcoólatra e violento, a mãe é cúmplice de todas as agressões. Muitas vezes ela até é a causadora. Enfim, é como se os filhos fossem o motivo da infelicidade do casal.

     Para Palito e Bosten a vida ruim dentro de casa é normal. Eles não tem a menor noção de como é viver em família, o que é ser feliz. Castigar é tudo que eles sabem que os pais fazem.

     Além do sofrimento que Palito tem dentro de casa, ele ainda sofre muito na escola. Palito nasceu sem uma orelha. A princípio isso não é nada grave, mas as crianças são cruéis.

     Esse é o ambiente do livro.


"Como poderia ser errado estar apaixonado
por alguém que pensa o mesmo que você,
que você respeita e em quem confia?"
Pag. 193


     O livro é narrado em primeira pessoa. Nosso protagonista conta sua história. A diagramação foi imprescindível para um melhor entendimento do problema físico de Palito. Os espaços dados entre as palavras nos diálogos demonstrando a dificuldade dele em ouvir e até os atrasos em relação aos outros. Ficou emocionante ler o que Palito ouvia.

     Assim que os irmãos começam a descobrir o que é ter família e ser feliz, eles vão tentar buscar isso e trazer para a vida deles.
     O momento de descoberta e busca não é nada fácil, muito pelo contrário. Isso vai envolver muitas coisas; a felicidade muitas vezes não é fácil de aceitar, principalmente para quem não tem a menor ideia do que é.

     O amadurecimento dos personagens é inevitável e extremante precoce. Um garoto que deveria estar brincando, tem de crescer muito anos da hora e ser muito homem pra enfrentar tanta desgraça.

     E ele cresce a cada página. Cresce no amor e na dor.

     E como dói! E como amei!!

     "Minha Metade Silenciosa" é um drama fenomenal. Um sick-lit perfeito!

     Me apaixonei por Palito e sua história, sua aventura e sua vida.

     É um livro perturbador, mas é palpável. A gente sabe que existe casos assim, e mesmo assim ainda é difícil de acreditar.

     Recomendo muito, muito, muito!!!

11 comentários:

  1. Lembra que eu disse que eu não gostava muito desse tipo de livro? Então, mas esse é uma das exceções. Estou com vontade de lê-lo desde que foi lançado, Lê.
    Vez ou outra é bom um pouco de drama. E sendo vindo de um livro maduro, melhor ainda.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
  2. é uma boa leitura, sempre li bons comentários e gostaria de ter a oportunidade de ler!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só com as duas primeiras linhas vc já me convenceu a ler o livro... entro para minha lista de compras da bienal

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Amo sofrer lendo um bom livro, isso parece estranho? rsrsrs, não sei. Os livros que me fazem chorar ou rir demais acabam entrando para os favoritos... bem, isso deve ser estranho.
    Adorei a resenha e estou ainda mais curiosa para ler Minha Metade Silenciosa. Provavelmente terei que baixar o e-book pois o dinheiro ta curto esse mês!
    Beijos Alê <3
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ale!

    Primeiro: essa capa é muito linda! Chamou muito minha atenção. E posso contar nos dedos os livros que já chorei lendo (é difícil algo me emocionar durante a leitura a ponto de chorar), mas parece que nesse qualquer um derrubaria rios hahahaha. Fiquei muito interessada!

    Beijão,

    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Finalmente uma resenha desse livro de um blogueiro em quem eu confio no gosto! Desde que ele foi lançado que venho de olho, e é maravilhoso saber o quão bom ele é - além do que, por trás do livro há uma discussão importantíssima, do conceito de família, do bulliyng, e em como as pessoas ainda perpetuam com a prática mesmo que saibamos o quão prejudicial ela é para os indivíduos que a sofrem.

    O que em faz pensar que esta é a principal razão de ser dos sick lits. Mais do que qualquer coisa, ele nos abre os olhos para um horizonte que muitas vezes preferimos ignorar....

    Dois abraços ;)

    ResponderExcluir
  8. Eu quero muito ler este livro... A capa me deixou muito curioso.... Adoro sua resenhas, como sempre ótima!!!

    ResponderExcluir
  9. Como chegar numa resenha assim e não se apaixonar de cara? Desde o nome do livro, passando pela sinopse e terminando na resenha...aliás, terminando não. Porque eu me pego olhando pra tela e tentando trazer o Palito pra perto da minhas vistas!
    Como não se apaixonar?
    Certamente é um livro tenso, denso..triste e perturbador.
    Pela falta de amor de um lado, pelo amor extremo do outro. Crueldade, aprendizado...
    Preciso ler!!!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Gostei bastante, eu já tinha dito que não ia ler esse livro
    mas agora me interessou um pouquinho..

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Sua resenha me deixou emocionada e com ótimas expectativas com esse livro. Eu já tinha lido a sinopse, mas não imaginava que a história poderia envolver e emocionar dessa forma.
    Gosto da capa e pretendo ler o livro em breve.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...