Resenha: A Queda de Lúcifer


Título: A Queda de Lúcifer

Autora: Wendy Alec

Páginas: 301

Editora: Jangada




COMPRE AQUI: BUSCAPÉAMERICANASSUBMARINOSARAIVA








     "A Queda de Lúcifer" é o primeiro livro de "As Crônicas dos Irmãos Celestiais".

     Quando o livro chegou, eu por curiosidade fui ler alguma opiniões de outros leitores, e como elas não eram muito positivas, optei por esperar um pouco para ler. Grande erro meu!

     Este livro é um dos melhores, senão o melhor romance épico que já li. Tudo nele é perfeito: o tema, os personagens, a narrativa... é impressionante!




"Miguel, príncipe - chefe sagrado comandante
das hostes angelicais de Jeová, instituído de
valor, honra e poder. Miguel, o Guerreiro.
Gabriel, o revelador - o príncipe mais jovem, 
repleto de sabedoria e justiça, e prestes a ser
consagrado. E o mais velho dos três irmãos, o
mais adorado do céu, Lúcifer, o portador da
luz, príncipe regente e vice-rei de Jeová."
Pag. 24


     Lúcifer era o  mais amado, o mais querido dos anjos, era a luz da manhã.
     Christos tinha Lúcifer como seu confidente.
     Porém, Christos não confidenciou à Lúcifer seu maior plano.
     Lúcifer, Gabriel e Miguel são os irmãos celestiais. Eles se amavam verdadeiramente. Mas nem todo este amor foi capaz de curar as feridas mais profundas.


"E a interpretação é a seguinte: um
grande e ameaçador perigo paira sobre
nosso mundo. A raça dos homens 
suplantará a nossa. O homem é a causa
de todo esse sofrimento em seus sonhos."
Pag. 88


     Christos criou Lúcifer, e este se sentiu abandonado quando descobriu a nova criação de seu Deus.
     Miguel, Gabriel e Lúcifer e todos os anjos e arcanjos foram criados como únicos. Cada um tinha seu dom, seu poder e seu DNA.

     Quando Christos criou o homem, ele o fez com seu próprio DNA. Ou seja, o homem teria sua Terra, seu paraíso, sua mulher, seria inteligente e consciente, e ainda iria se multiplicar. Além de ter toda a atenção do Todo-Poderoso.

     Até agora não sei se Miguel foi sincero e quis ajudar seu irmão, ou se agiu por impulso e plantou a inveja. Mas no meu entender, Miguel foi impulsivo e não reconheceu a carência de seu irmão Lúcifer.


" - Ele vai se replicar! - murmurou 
febrilmente. - Ele vai duplicar os
genes Dele na matéria!... "
Pag. 86


     Ele então se revoltou e se rebelou contra Seu Pai. Tentou de todas as formas convencer a todos do erro que era a criação do homem. E foi então que Christos baniu Lúcifer do Éden.

     A Guerra Celestial tem início.


" - Ele me abandonou por
esse... homem."
Pag. 122


     A Guerra é terrível, e o pior é que os humanos são usados nesse jogo de poder e interesse. Somos o joguete desses dois mundos.

     Lúcifer macula o DNA do homem, traz ao mundo a violência. E Christos mata aqueles que não são puros. No final quem paga é sempre o homem.

     (Sinto uma certa semelhança com o governo atual, ou com nosso dia a dia. Enfim...)

  
  
" - Ouça-me, Chistos! - rugiu. - Eu, Lúcifer,
portador da luz, príncipe-chefe, sagrado
regente angelical da Casa Real de Jeová,
torno-me agora seu inimigo jurado, e vou
levar-lhe traição e iniquidade pelas 
eternidades das eternidades!"
Pag. 143


     A narrativa é emocionante! As descrições da guerra são de arrepiar, dá até para visualizar todo o horror. E dá até pra acreditar que foi real.

     A semelhança com alguns fatos contados na bíblia me fez acreditar que estes capítulos foram retirados do Livro Sagrado. Não! Não estou blasfemando. Só quero que entendam que é muito perfeito e verossímil.

     E tudo deixa claro que nem todos são bons 100% e muito menos maus o tempo todo.

     Lúcifer só queria o que achava ser seu por direito. Ninguém lhe disse quais eram seus direitos. E quando brigou por isso, foi banido.


"Lúcifer caiu de joelhos, e soluços 
sacudiram-lhe o corpo. Zadkiel 
observou impotente enquanto ele
passava os dedos pelos cabelos 
negros, batendo a cabeça na parede
como um animal atormentado."
Pag. 105


     Todos os personagens são extremamente intensos. Os diálogos são maravilhosos. Toda a ambientação é impressionante.

     A história começa antes da criação da Terra e termina em 2017, deixando um gancho muito bom para o próximo livro.

     Acredito que algumas explicações que faltaram neste livro, virão em "Messias - O Primeiro Julgamento", que é o segundo livro das Crônicas.


"Eu, o que brilha, a estrela diurna, segundo
em Seu Trono, não Lhe era suficiente.
Mesmo que eu passasse minha eternidade
amando-O, jamais poderia ser como
esse homem."
Pag. 123


     Recomendo para quem gosta de Romances Épicos. Recomendo também que leia com a mente aberta, pois aqui você lerá a mais antiga história do universo contada de um jeito singular, novo, único e apaixonante. A história do maior amor do mundo que se tornou o maior ódio de todos os tempo, onde a vingança não tem limites.

     LEIA!!

8 comentários:

  1. Arrepio........ Sem palavras....... Lelê essas suas resenhas, deixa qualquer um sem palavras!!! XD

    ResponderExcluir
  2. acho incrível a capacidade do autor de criar um enredo novo, de dar singularidade à história. Lúcifer sempre foi colocado como o demônio não como um guerreiro, entendo o que quis dizer sobre a questão da semelhança... isso enriquece a história!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só pegando para ler, e confirmar tudo que disse. Assim por alto não me pareceu tão mais épico ou muito diferente de A Batalha do Apocalipse, o que deu pra perceber mesmo foi a questão da narrativa. Como é uma série, não será por agora que comprovarei. Quando sair todos me avisa XD

    Multiverso X

    ResponderExcluir
  4. Quando terminei de ler já estava pensando: vou manda mô vim ler a resenha pq o livro é mais a cara dele do que a minha. rs Mas não é que o rapaz veio antes de mim? rs
    Amei sua resenha apaixonada! Simplesmente perfeito quando vc fala do livro com tanta paixão, dá vontade de largar tudo, ir para a livraria, comprar o livro e devorá-lo o mais rápido possível. Arrasou!
    Pena que é série...rs
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  5. Não gostei muito desse enredo não, então não sei se lerei......

    ResponderExcluir
  6. *Anna Colocando O Livro Na Lista*

    Gente eu adoro essa temática, como não li esse livro ainda?
    Adorei sua resenha e os quotes selecionados Lelê! Vou ter que realmente ler esse livro *-*
    Só não curti muito a capa :x

    Beijos!
    http://pausaparaumcafe.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com muita vontade de ler,mas tenho receio de não gostar.

    ResponderExcluir
  8. Olá Alessandra,

    Não conhecia esse livro, parece bem interessante e me despertou curiosidade, quem sabe futuramente eu leia, ótima resenha.

    PS: O post do livro está sem capa.


    Abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo