Resenha: Reiniciados


Título: Reiniciados

Autora: Teri Terry

Páginas: 430

Editora: Farol Literário





Compre aqui:  FNACBUSCAPÉ








     Este foi um livro que foi me ganhando aos poucos. No início eu não conseguia entender, não me conectava, foi devagar e arrastado. Quando chegou no meio, a leitura engatou e eu li alucinadamente até terminar.
     Fui me apaixonando gradativamente, página por página.




" - Mas como posso saber quem eu sou
agora se não sei quem eu fui?"
Pag. 168


     No ano de 2020 os jovens foram às ruas para fazer manifestações, e claro que entraram em guerra com o governo (acho que já vi isso acontecer esse ano na vida real).
     Foi um período difícil para toda a Europa. Destruições, bombas, gente inocente morrendo. O governo então criou o Movimento da Lei e da Ordem, seu soldados são chamados de Lordeiros.
     À partir daí todos os jovens que eram pegos em manifestações ou infringindo alguma lei eram levados ao hospital para serem Reiniciados. Ou seja, toda a sua memória era apagada e eles teriam que aprender tudo novamente, mas principalmente, aprendem a obedecer.
     Na verdade eles são obrigados a seguir na linha o tempo todo.
     Um aparelho é colocado no cérebro de cada jovem, e este aparelho é ligado à um Nivo no pulso. Este Nivo marca uma pontuação que vai de 0 a 10; sendo que o 10 significa extremamente feliz e 0 significa morto. Normalmente os Nivos ficam no 5, quando o jovem passa por algum stress, ele começa a cair, e quando diminui muito ele vibra e o jovem pode sofrer convulsões, desmaiar ou até morrer.
     Já imaginou? Nunca poder brigar nem discutir com ninguém? Não poder nem pensar muito sobre nada. Buscar respostas está fora de questão. E é assim que o governo mantêm os jovens sobre controle.


"Ele teve de ser punido por discordar
das ações do governo."
Pag. 241


     Kyla Davis está no hospital, é uma nova Reiniciada e está pronta para ir para casa de sua nova família.
     Ela terá mãe, pai, e uma irmã camada Amy que também é uma Reiniciada.
     Sua mãe é uma mulher centrada e atenciosa. O pai é uma incógnita, às vezes se faz presente e preocupado, outras vezes nem aparece, passa tempo demais no trabalho, que também é um mistério. Já Amy é uma doçura, uma Boa Menina. Só pensa em namorar Jazz, beijar, abraçar e sorrir.

     Kyla sabe que é diferente. É curiosa, e questiona o que quer saber. Com o tempo ela passa a entender que nem tudo ela pode perguntar, nem todas as pessoas são de confiança. É como se ela fosse espionada o tempo todo.


"Quando nos tornamos Reiniciados,
eles intensificam a felicidade em 
nossos perfis psicológicos."
Pag. 21


     Logo que Kyla vai para a escola, ela conhece o popular Ben, um Reiniciado com muitas coisas em comum com ela. A amizade entre eles é inevitável.
     Algum tempo depois, Kyla percebe que não são só os jovens criminosos que são Reiniciados. Jovens normais começam a desaparecer por todo canto. Para quê eles estariam sendo levados? Por quê?

     Já deu pra perceber o clima de suspense?

     É narrado em primeira pessoa, por Kyla, que é uma garota incrível, apaixonante mesmo. Seus pensamentos são ótimos, e a inocência em seus diálogos por vezes é engraçado. Uma garota de 16 anos que está descobrindo o mundo e ao mesmo tempo sabe tanto quanto um adulto experiente. Como não amá-la?

     Os personagens secundários são maravilhosamente descritos por ela. Deu até para visualizar cada um deles.

     Como eu disse, a narrativa cresce durante a leitura, assim como Kyla vai amadurecendo a cada página.

     A capa é realmente linda e a diagramação é ótima. As páginas são amareladas e a fonte utilizada tem um tamanho ótimo, assim como o espaçamento duplo.

     Virei fã da diagramação da Farol Literário. O livro tem 430 páginas, mas graças ao trabalho perfeito da editora, a leitura flui muito bem.

     Quando acabei de ler este primeiro livro da trilogia, me senti dentro de um buraco escuro. Como se eu precisasse logo da sequencia para poder iluminar e sair deste fundo de poço.

     Leitura mais que recomendada!!





38 comentários:

  1. Lele <3
    Pense no quanto estou louca por esse livro? Quero demais da conta, mas tá faltando mês no fim do meu salário. rs A cada resenha nova que leio fico ainda mais ansiosa.
    Eu gosto da história, fico me imaginando tomando uns "choquinhos" e desmaiando já que sempre brigo com alguém. rs
    Beijos lindona, amei a resenha!
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
  2. Lele, só digo uma coisa: você vai surtar com Fragmentada. Ela conseguiu superar Reiniciados *u* Até agora foi a distopia que mais gostei, espero que não demorem para lançar o último volume :)

    Beijos,
    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Lele, que bom que você gostou da história. Este é um livro que faz tempo que quero ler, só escuto falar bem. Os marcadores chegaram. Amei demais, obrigada. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus, não fazia ideia de que era essa a premissa do livro! Me conquistou muito a forma como eles controlam a população, com os Nivo, e a ideia geral realmente me fez colocar o livro na minha lista dos que quero ler. Só espero gostar mesmo da escrita - de nada serve uma boa temática quando não é bem trabalhada rs

    Beijos, beijos!
    Mell Ferraz

    http://www.literature-se.com/

    ResponderExcluir
  5. Realmente a história é muito boa. É uma das séries que pretendo ler.

    ResponderExcluir
  6. confesso, esse livro me deu medo, li uma resenha e morri de medo e até sonhei com ele, é incrível como esses livros mexem com a mente da gente
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse livro já está aguardando na fila para ser lido. Gostei bastante da resenha e fiquei bastante curiosa. Vou apressar a leitura dele.

    ResponderExcluir
  8. Ah se a moda pega!rs Teríamos mais reiniciados que pessoas "normais""
    Engraçado ver isso..que já previam um futuro, que é um presente...e que nem está tão longe de virar realidade...rsrs
    Adorei!!
    Já pensou recomeçar assim..mas ainda ter sequelas de um passado que pode nao ter sido tão apagado assim????
    Capa realmente linda...
    Quero ler, ah se quero!!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alê.
    Esse livro tá na minha lista de desejados desde o lançamento. Como todo bom fã de distopias, eu não deixarei de ler. A estória parece ser muito! legal.
    Todo mundo fala bem desse livro. Então...
    Gostei muito da resenha.

    Abs,
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Como sou louco por distopias, Reiniciados já estava na minha wishlist desde o meio do ano, mas só não adquiri porque havia outras prioridades, mas agora com sua resenha, percebo que NECESSITO desse livro o quanto antes, não só pela capa fantástica, mas também pela história e do quanto a autora é original.

    ResponderExcluir
  11. Ótima resenha, sério! Estou louco para ler Reiniciados, ainda mais com essa resenha. Está na minha wishlist, com certeza.

    ResponderExcluir
  12. Oi Lele, você me deixou bem curiosa com o livro..Já vi ótimas críticas dele e parece que não é só criticas da boca para fora, a história dele me lembra um pouco Startes pela coisa de chip e tals..mais parece que o mundo de Kyla é bem mais complexo e apaixonante.. Ansiosa pela leitura..já está na minha lista.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Desde a primeira vez em que ouvi falar sobre Reiniciados que eu tenho vontade de ler o livro, mas ainda não tive oportunidade =(
    Sua resenha só fez aumentar ainda mais a minha curiosidade!
    Preciso URGENTE ler esse livro hahaha
    ótima resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha!
    Estou doida de verdade, mas muito mesmo pra ler o livro, devora-lo.
    Parabéns ao blog pela digníssima resenha :D

    ResponderExcluir
  15. A primeira vez que tive contado com esse livro foi logo na livraria. Minha mãe olhou e me mostrou, eu simplesmente surtei só de ver a capa, ai eu não consegui me controlar, tive que ler a sinopse (NUNCA leio sinopses de livros...). Só não comprei porque sabia que ia devorar e implorar para que saísse logos as continuações hahahaha, ainda aguardo sair o último, para comprar e devorar :D
    Adorei a resenha Lelê, estou super ansioooooosa *-*

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Ótima resenha!
    Esse livro me ganha até pela capa, que é linda <3 Estou curiosíssima para ler este livro, que pela sua resenha, parece ser muito bom!

    ResponderExcluir
  17. Oi. Sabe de uma coisa? Eu não gostaria de ser iniciada, por ter feito algo que não agradou a sociedade ou governo. Acho isso uma violação aos direitos humanos. Você com esta resenha conseguiu me deixar curiosa e ansiosa por ler. Tomara que eu ganhe, pra poder devorar este livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Estou super ansiosa por esse livro porque além de ser distopia, ele parece ser diferente! Só não gostei da capa.

    ResponderExcluir
  19. Morro de vontade de ler esse livro, amo distopias! Esse livro está na minha lista de livros que quero ler *.*

    ResponderExcluir
  20. Otima resenha. Aaah, eu amei muito a capa,é show!

    ResponderExcluir
  21. Acho que é assim mesmo a leitura desse livro. A gente vai lendo de pouco a pouco, tanto é que até hoje não terminei em lê-lo. Mas, a história é realmente muito interessante. Quero terminar de ler ele e ler a continuação.

    ResponderExcluir
  22. Eu adoro distopia e achei a idéia central do livro bem inovadora, nunca pensei em nada assim! Tenho lido muito sobre ele e ainda não vi nenhuma resenha negativa!
    Vi alguns quotes na blogosfera que só me fazem ficar mais e mais ansiosa. PRECISO desse livro, super curiosa! :)

    ResponderExcluir
  23. Esse livro já está da minha lista faz tempo, me chamou logo a atenção pela capa(eu gostei D+), e depois das resenhas que li, fiquei mega interessada e curiosa.
    Realmente a ideia do livro é bem original, zerar com a memória de certas pessoas para que tenham uma 2º chance é ótima, quem escuta assim, não dá muito valor, mas o que a faz diferente e brilhante é como a história é construída em torno dessa ideia de reiniciar.
    Caraca e esse Nivo?!?! Acho que eu já teria surtado com esse treco apitando no meu pulso me avisando que tô triste, com raiva….
    E pelo jeito tem muitas surpresas e segredos por vir nos próximos livros.
    Tô doida pra ler esse livro rs.

    ResponderExcluir
  24. Estou curiosa para ler esse livro agora que li sua resenha. Pelo visto e uma história cheia d e aventuras e com doses de ficção.Confesso que estou na fase de histórias mais realistas mas, quem sabe eu me surpreenda?

    ResponderExcluir
  25. Que historia diferente! Fiquei encantada com a resenha e procurei ler a sinopse que me deixou de boca aberta, a historia parece ser bem interessante, daquelas que te deixam preso até o final do livro e se surpreendendo a cada pagina. Ainda mais por se tratar de pensamentos de uma adolescente que quer descobrir a verdade. Vou adiciona-lo a minha lista de livros a sempre lidos rsrs

    ResponderExcluir
  26. jah comecei a ler, é muito bom esse livro!!!!

    ResponderExcluir
  27. Desde o lançamento desse livro que tenho vontade de lê-lo. Além de ser fã de distopias, achei a premissa dessa, uma das mais criativas e palpáveis dos últimos anos. Que bom que esse livro conseguiu te conquistar, mesmo que aos poucos, né?!?! Super curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  28. Confesso que só fui me interessar por este livro depois que li resenhas de Fragmentada (a continuação). Como não gosto de ler livros fora de ordem este entrou para minha (imensa) lista. Parabéns pela resenha foi a melhor que li sobre este livro.

    ResponderExcluir
  29. Adorei a resenha, parece ser bem interessante e legal, quero ler !

    ResponderExcluir
  30. Também acho a capa linda. Quero ler este livro desde junho de 2013 mas ainda não tive a oportunidade :-( Amo distopias e Reiniciados parece ser muito interessante. Esse quote " - Mas como posso saber quem eu sou agora se não sei quem eu fui?" é bem parecido com um do Jack Frost de rise of the guardians.

    ResponderExcluir
  31. Estou louca para ler a triologia, o livro parece ser do estilo que eu gosto. Vou por na minha listinha, mas acho que vai demorar pois eu já tenho milhares na lista e muita coisa pra fazer :/

    ResponderExcluir
  32. A primeira coisa que chama a atenção é a capa. É muito linda!! Cada vez mais eu tenho lido distopias e amado, parece que essa é uma obra incrível, o legal é que é uma protagonista sem memórias e ela não faz ideia do que ela era antes, fiquei curiosa
    Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  33. Eu amo distopia e estou louca para ler esse! A história parece ser muito boa e me chamou muito a atenção. Ótima resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  34. Eu ainda não li esse livro, mas eu tenho muita vontade. Eu adoro distopias, e essa parece ser muito boa. Fiquei muito interessada!!

    ResponderExcluir
  35. Gostei muito da resenha, muito intrigante, interessante e ficção. Estou louca pra ler. Muito obrigada pela excelente resenha.

    ResponderExcluir
  36. Amei a história, sua resenha me deixou muito curiosa pra ler esse livro!!


    Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  37. Oi adorei sua resenha! Da forma como vc resumiu me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...