Resenha: Vortex


Título: Vortex

Autora: Julie Cross

Páginas: 384

Editora: Jangada



COMPRE AQUI: BUSCAPÉ SARAIVAFNACSUBMARINO










     Não entendi o que houve comigo durante a leitura de "Vortex"


"Tudo o que qualquer um pode fazer... É amar
quem a gente amar, enquanto essas
pessoas estiverem com a gente."
Pag. 198



     "Vortex" começa exatamente de onde parou "Tempest".
     O primeiro livro terminou com um grande cliffhanger, o que me deixou alucinada para ler o segundo. Tomei um susto no início da leitura, eu não estava conseguindo encontrar o rumo da história.

     Apesar de Jackson ainda não ter todas as respostas sobre suas viagens no tempo, ele agora está mais maduro. Está decidido a ficar londe de Holly, e se torna um ótimo agente do Tempest, um dos melhores.
     Estudou muito e treinou bastante para ser o melhor.
     Só que ele encontra sua amada Holly por acaso. Holly não sabe nada sobre ele. Praticamente o amor deles ficou em outra vida. Em um mundo paralelo. Para Jackson é o mesmo mundo, mas para ela, ele é um desconhecido.

     Para ele essa situação é muito difícil.

     A relação com seu pai está estranha, ele some muito sem dar explicações.


"Eu não conseguia respirar nem me mexer.
Ele desabou de costas no chão, dando-me
uma visão clara do sangue vermelho quase
púrpura que escorria do seu ouvido."
Pag. 253


     Desta vez existe o Eyewall, uma divisão da CIA que tem como objetivo tomar o Tempest.
     Jackson faz de tudo para esconder dos outros agentes a relação que teve com Holly, assim como boa parte dos saltos, tanto os meios saltos quanto os inteiros. Muitas vezes durante esses saltos ele se machuca ou até alguém que esteja com ele. Jackson ainda não sabe por que isso acontece.

     Um livro com poucas respostas, algumas dúvidas e muita ação.

     Não dá pra negar o poder da autora de narrar uma cena de ação. Quase todas as páginas são de fazer roer as unhas.

     É narrado em primeira pessoa, por Jackson. E ele é ótimo. Mesmo com uma certa mudança em sua personalidade, não tem como não gostar dele. A minha torcida ficou focada no romance, mas teve muito mais.

     Novos personagem e ambientes diferentes, trouxeram um novo ar para a série. É uma continuação, mas é como se fosse um novo livro.

     Será que estou sendo clara?

     Meu sentimento em relação ao livro também foi confuso. Eu gostei do livro, mas não tanto dos acontecimentos. Adorei este novo Jackson, mas nem tanto de algumas coisas que ele fez. Senti falta do Adam, mas o pouco que ele apareceu fez a diferença. E o final, não vou nem comentar...

     Que final foi esse???? WTF!!

     Nem imagino como será o terceiro livro. A autora terminou de um jeito que não tem como imaginar, nem vagamente.

     A diagramação da Jangada é sempre ótima. Neste quesito a editora sempre foi uma das minhas preferidas.

     Enxerguei na capa um Jackson e uma Holly mais velhos, o que tem muito a ver com a história.

     Mesmo não morrendo de amores por "Vortex", a série continua sendo uma das minhas favoritas. Jackson e Holly são incríveis.
     Tenho certeza que o terceiro livro irá superar os outros dois. Quando li a última página já tive certeza disso!

     Recomendo muito!!

     Se puder leia Tempest e logo depois Vortex. Assim a aventura se tornará mais alucinante!!!

9 comentários:

  1. Bem amore, eu não li Tempest e mesmo assim,não fiquei perdida na resenha dessa sequencia!
    Mas admito que nenhum deles me chamou tanto a atenção!
    Viagens no tempo sempre foi um assunto que me fascinou e não sei pq dessa série não ter me ganhado ainda!
    Quem sabe mais pra frente eu "tome uma dose de vergonha" e consiga engrenar né?rs
    Momento...talvez o da série não seja agora!

    Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a série, mas me parece bem interessante! eu gosto quando o protagonista e suas ações nos dão trabalho para compreendê-lo, nos instiga a pnsar no que está acontecendo. O bom de só a ter conhecido agora é que assim posso ler os livros em sequência, sem ter que ficar esperando tanto pela continuação, rs.

    Dois abraços.

    http://www.pontolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Lê esse é um dos poucos livros que não me atrairam, não sei se é por se tratar de uma saguinha, ou o tema em si que pra mim ja ta desgastado!

    ResponderExcluir
  4. Não me canso de ler elogios a essa série, e o quanto a autora soube conduzir bem a trama, levando-se em conta as tais viagens no tempo, inobstante esse segundo volume não ter sido tão bom quanto o primeiro. Mas acho que isso foi de certo modo proposital. Estou com muita vontade de ler essa série....

    ResponderExcluir
  5. Ai minha nossa, ainda nem li Tempest e já tem Vortex?
    Meu ritmo de leitura é muito lento e eu não consigo ler tanto quanto gostaria...


    Beijoks, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li Tempest, mas já estou louca pra ler Vortex. Adorei a resenha, acho que vou gostar do livro já que tem uma história interessante.

    ResponderExcluir
  7. Não li o primeiro. :/
    Estou muito afim! Acho linda as capas. <3
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ainda não pude ler o Tempest :/
    Acho que vou esperar todos saírem aqui no Brasil, pra não ficar alucinada esperando as continuações :P
    Adorei sua resenha

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Tenho Tempest faz um tempão, mas até agora não li (vergonha modo on). Estou doida para comprar logo Vortex, pq aí eu já leio um seguido do outro.
    Gostei do enredo e acho que vou curtir a leitura. A única coisa que eu não gosto "dejeitonenhum" nesse livro é essa capa. rs
    Resenha perfeita *-*
    Beijos lindona <3
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo