Resenha: O Verão Das Bonecas Mortas


Título: O Verão das Bonecas Mortas

Autor: Toni Hill

Páginas: 372

Editora: Tordesilhas




Compre aqui: SUBMARINOSARAIVA
                      BUSCAPÉ









     Não se engane com a capa. Este não é um livro de terror. É um thriller policial, carregado de intrigas e muito suspense.
     A boneca da capa é a referência a um trecho do livro. Na verdade tem tudo a ver com a história. Digamos que a boneca é o início de toda a trama, de onde parte todo o resto.




"As bonecas ao seu redor, como uma corte
macabra. Imagens que acreditava ter esquecido,
mas que agora, desde essa tragédia recente, o 
perseguiam com mais força do que nunca."
Pag. 64


     Marc é um garoto fechado, introspectivo, bem comportado, bem educado, não é popular na escola, porém não tem inimigos. Ele só tem dois amigos; Gina,uma garota insegura e que tem uma paixão por Marc, e Aleix, que é do tipo prodígio, popular, bonito, mas muito estranho.
     Marc vive com seu pai, madrasta e a filhinha adotada deles. A mãe de Marc foi embora quando ele ainda era criança.


"E isso era a única coisa que ela queria,
a razão pela qual havia ficado em Barcelona,
uma cidade de onde havia fugido e para
onde tinha voltado para assistir ao enterro
de um filho que praticamente não conhecia."
Pag. 37


     Na noite em que se comemora o São João, Marc dá uma pequena festinha em seu apartamento com Gina e Aleix.
     Pela manhã, ele é encontrado morto debaixo da sacada.


"Nunca ninguém matou alguém por amor,
isso é uma mentira dos tangos. Só se
mata por cobiça, por despeito ou por
inveja, pode acreditar. O amor
não tem nada que ver com isso."
Pag. 222


     Tudo indica que Marc se matou. Porém sua mãe, que havia ido embora, volta e pede que investiguem o caso, pois ela não acredita em suicídio.

     E aí entra na história nosso querido protagonista, Héctor.


"Não conseguia nem se arrepender; a 
surra que tinha dado naquele indivíduo
lhe parecia justa e merecida."
Pag. 29


     Héctor está afastado do trabalho porque não resistiu a vontade de espancar um homem que foi acusado por praticar tráfico de mulheres e assassinato. 
    Convenhamos que eu teria feito a mesma coisa... Enfim, sua parceira, Leire entra com Héctor nesta investigação extra oficial; já que todas as provas apresentadas só aumentas as suspeitas iniciais.


" - Sabe de uma coisa? O pior de tudo é
que não consigo imaginar ninguém desse
caso como um assassino. São todos 
muito educados, muito corretos, estão
preocupados demais com as aparências."
Pag. 266


     E Héctor vai fundo nas investigações. Desenterrando segredos antigos de parentes e amigos.
     Marc não é o único a morrer, e todos os assassinatos acabam se encontrando nessa linha de intrigas,onde ninguém é realmente de confiança.


"E antes de deixá-lo entrar, esse médico
com cara de coveiro comenta, em um tom
de admiração muito pouco profissional,
que ficava admirado com o modo como
as velhas gerações se apegavam à vida."
Pag. 289


     "O Verão das Bonecas Mortas" é narrado em terceira pessoa, sob a perspectiva de todos os personagens.
     O livro é dividido por capítulos, e cada capítulo é um dia. Durante a leitura de cada dia,vamos acompanhando todos os personagens, então quando entra um personagem novo não causa nenhum impacto, pois como a narrativa é bem ágil, fica fácil se familiarizar com todos.
     É como se fôssemos um mosquitinho passeando e vendo tudo que está acontecendo.

     Adorei a escrita de Toni Hill, é diferente e envolvente. No comecinho até causa certa estranheza, até pelo fato do autor ser espanhol. Sim, claro que isso faz diferença. Assim como os autores brasileiros são diferentes dos americanos, que são diferentes dos japoneses, que são diferentes dos portugueses...

     Não vou comparar com Zafon, que eu acredito ser o mais conhecido atualmente, mas tenho certeza que Toni Hill veio pra ficar.

     Há muito tempo eu não curtia tanto um suspense policial. Confesso que me apaixonei.

     A história de Marc e os outros assassinatos foram totalmente esclarecidos, não sobrou nada que precisasse ainda ser explicado.
     Foi surpreendente pra mim. Eu esperava outra coisa, outra pessoa, mas nossa! Fiquei passada, foi melhor do que eu imaginava.

     "O Verão das Bonecas Mortas" é o primeiro volume da série que vai fazer muita gente roer as unhas com a vida de Héctor.

     O segundo volume já tem título em português, vai se chamar "Os Bons Suicidas".

     O autor teve o cuidado de deixar um único gancho para o segundo volume. E este gancho vai me fazer ter insônia até o lançamento do próximo.

     Sério. Leia!

     Quem curte thriller policial, suspense, livros que fazem a gente querer ler mais a cada página lida, pode mergulhar de cabeça nessa leitura.
     Obs.: Mergulhe na leitura, não na piscina com as bonecas, rs.

     Eu amei!!

19 comentários

  1. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  2. Eu achei bem diferente!
    Essa capa já causa um impacto e tanto, nao se leria assim com facilidade apesar de gostar dos quotes!

    beijos.
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. oi Le eu sou uma das covardonas que ja vi essa capa e esse nome como um livro de terror, mas o começo é meio aterrorizante! muita coisa vai rolar hein? não sou fã do gênero então acho que ele não está entre as minhas preferências pra leitura, mas sua resenha foi incrivel!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi. Tudo bem?
    De imediato, pensei que era algum livro de terror, pois esta capa é um pouco assustadora, hein. haha
    Eu não tenho um costume de ler algo do gênero, mas acredito que seria um grande desafio eu ler "O Verão das Bonecas Mortas".
    Gostei dos quotes citados!

    Beijos.
    http://umajovemleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Lele.
    Vou começar falando desse título e dessa capa: sinistros, por eles já não faria a leitura.
    Mas aí lendo sua resenha vejo que se trata de um policial, aí a coisa já muda.
    Gostei da proposta e com certeza fiquei bem curiosa.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. Adoro thrillers policiais/ psicológicos! Sei que gostarei deste! Além disso, a capa e o título são super chamativos!
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  7. Jurava que era terror rs, fazia tempos que não me interessava por um livro assim. Adoro a capa, meio mórbida. Gosto dela. Quero saber quem matou Marc agora rsrsrs vou comprar assim que der. Valeu pela dica e como ainda não li nenhum autor espanhol vou começar com sua indicação ;)

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. MENINA QUE SUSTO ESSA CAPA ME DEU!
    APOSTAVA MINHAS FICHAS EM UM TERROR MACABRO KKKK
    NÃO SOU MUITO FÃ DE thrillers MAS PELA SUA RESENHA FIQUEI CURIOSA.
    VOU MERGULHAR NELE(SEM BONECAS)
    ABRAÇOS :]

    ResponderExcluir
  9. Oi lindona <3
    Eu amo thrillers e esse, desde que vi vc comentando, fiquei ansiosa para ler. Me lembrou os livros do John Verdon (que eu AMO demais). Leitura de tirar o fôlego!
    Ameiii a resenha!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gente!! Maravilhoso! Preciso ler urgentemente! Realmente quando vi a capa pensei se tratar de um livro de terror, mas quando comecei a ler a resenha vi que é um suspense maravilhoso!! Adicionado a lista imensa de leitura!!

    ResponderExcluir
  11. Caraca, parece ser bom mesmo, a capa está de arrepiar. Vou querer conferir com certeza!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Nossa, todos os trechos são tão bons! Nunca li um thriller policial que tivesse a narrativa de tantos personagens, fiquei bastante curiosa. Mistérios em geral me deixam apreensiva, tenho certeza que não conseguiria desgrudar desse livro e o nome da sequência é de matar quem já está curioso! A intensidade do enredo e o leve horror da capa são a chave para chamar a atenção dos leitores!
    Adorei a resenha!
    Beijos ;**
    http://umaleitorachamada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Lele

    Confesso que quando via capa e o nome mostrei pra minha irmã aqui e disse: "Nunca, jamais que vou ler esse livro". kkkk
    Mas li a resenha TODA e percebi que não era NADA do que eu estava pensando. rs Adorei a resenha. Gosto de thriller policial, só não curto mesmo de jeito nenhum de livro ou filme de terror. hehehe
    Talvez até leia esse :)

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  14. Desde quando esse livro foi divulgado aqui no blog me interessei.... Primeiro por seu gênero, que adoro, e segundo por ser ambientado em Barcelona.... Adorei a resenha e certamente vou ler esse livro e acompanhar a série.....

    ResponderExcluir
  15. Oi Lelê
    Adoro romances policiais, principalmente aqueles que nos possibilitam que tiremos nossas próprias conclusões durante a trama!! A capa é muito instigante, e a narrativa parece ser ótima, deixando um gancho para o próximo livro da série (isso é que é suspense)… com certeza vai para a minha lista de futuras leituras!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Fui ver o vídeo agora com os seus livros lidos em Agosto e me deparei com esse título...e claro, tive q vir correndo ler a sinopse dele né?rs
    Amo um bom policial e pelo que li na espetacular resenha, esse é um pratão cheio, daqueles que a gente tem que repetir né?
    A única parte ruim é saber que tem sequencia..rs odeio isso!rs Por que sou desesperada..e enquanto não tenho todos em mão, não leio. Típico dos ansiosos!
    Mas amei tudo nesse livro..capa, título e sinopse!!
    Vou fazer questão de ler, com certeza!!!

    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  17. O inspetor Héctor me lembra os policiais mal barbeados, bêbados e solitários de filmes como: "Máquina Mortífera" (Mel Gibson), "Atração Fatal" (Michael Douglas), "Duro de Matar" (Bruce Willis) e alguns outros. Apesar de ter gostado do perfil da personagem "Héctor", achei um pouco clichê a construção da personagem.

    ResponderExcluir
  18. quando vi a capa pensei em bonecas assassinas estilo chuck, mas como é policial me animei mais um pouco.

    ResponderExcluir
  19. Como comentei na postagem anterior, adoro livros policiais. Esse livro me chamou a atenção, primeiramente, pela capa. Pensei que fosse terror (outro gênero que adoro), mas não era. Desde que li a sinopse e uma outra resenha, fiquei com vontade de ler a obra. Essa vontade só aumentou agora.
    Ansiedade para ler os dois livros da série está demais.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...