Resenha: O Segundo Suspiro


Título: O Segundo Suspiro

Autor: Philippe Pozzo Di Borgo

Páginas: 230

Editora: Intrínseca



Compre aqui:  SUBMARINO,   FNAC,   SARAIVA











     Quando eu leio um livro primeiro e depois vejo o filme, sempre acabo me decepcionando. Mesmo que o filme seja ótimo, eu sempre acho que faltou alguma coisa.
     Por isso resolvi assistir o filme Intocáveis primeiro. Me apaixonei por ele. Não é à toa que Intocáveis é o filme francês mais visto no mundo.

     Lendo "O Segundo Suspiro" descobri que o livro só inspirou a história do filme, ou seja, os dois protagonistas estão lá, porém tem muitas coisa que não foi colocado.


"Aquilo a diverte, e ela me dá um rolo de papel
para que eu escolha assinaturas. Desde esse, 
nunca mais nos separamos. Desde esse 
dia eu existo."
Pag. 52



     Neste livro vamos conhecer Philippe. Ele conta a sua história desde o começo. Como e porquê ele é um milionário, mas o que eu mais gostei de descobrir foi sua linda e dolorosa relação com Béatrice.
     Um amor tão puro e tão a frente do seu tempo. Amor à primeira vista. E quanto sofrimento eles aguentaram unidos!!
     Béatrice não conseguiu gerar filhos, sofreu vários abortos. E quando ela foi acometida por um câncer, Philippe ficou ao seu lado, tentando diminuir sua dor.
     Enquanto ela estava doente, aconteceu o imprevisto, Phillippe, que sempre foi aventureiro, sofre um acidente que o deixa tetraplégico. Agora é Béatrice que tem que cuidar dele, mesmo com suas limitações.


"Ele é bem pago, e ainda tem casa, comida
e roupa lavada. É a primeira vez na sua
vida, me confessa ele um dia, que
é tratado com respeito."
Pag. 104


     É neste momento conturbado que chega Abdel, um negro argeliano, morador da periferia de Paris, um malandro mesmo. Abdel é forte, alto, na verdade ele tem uma força absurda, arrebenta a cara de quem se meter no seu caminho.

     Assim Philippe, o aristocrata, se apega a Abdel, o delinquente.


"Agora, sou apenas um corpo de 1,80 metro, 
cinquenta quilos de matéria inerte e
chumbada. Fora de combate."
Pag. 35


     O desenrolar da história é emocionante, e o crescimento dos personagens é contagiante.

     É narrado em primeira pessoa, por Philippe. Aliás, uma narrativa poética. É uma biografia daquelas!! Pois as vidas de Philippe e Abdel são inspiradoras.


"Eu não gosto daqueles que só pensam em Deus 
quanto precisam dele. Agora, que a religião não
venha me impedir do que quer que seja; a 
religião nunca proibiu de se fazer coisa alguma
e, frequentemente, as pessoas se escondem
atrás dela para não fazer o que deviam."
Pag. 185


     Sinceramente, eu recomendo que você leia o livro, mas também assista o filme. Agora eles me parecem a mesma história, porém totalmente distintas. E mesmo assim os dois são perfeitos e se completam.

     Amei!

20 comentários

  1. Eu já assisti esse filme a história é mesmo lindo, e o filme inteiro é uma reflexão do qual é o verdadeiro significado da amizade e da vida.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro!!!! Já anotei na lista de desejos!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro. Eu já tinha me apaixonado pela história. Agora então, quero ler o livro e vou procurar o filme para assistir.

    ResponderExcluir
  4. Leio suas resenhas e sempre fico com muita vontade de ler o livro.
    Vou ficar suspirando de vontade de ganhar esse livro.
    Obrigada por partilhar conosco essa lindeza.

    ResponderExcluir
  5. O livro deve ser mais emocionante ainda que o filme !
    Uma historia linda , que não tem como não chorar ...

    ResponderExcluir
  6. Oiee
    Não tenho muita vontade de ler esse livro.
    Também não vi o filme ainda, mas quem sabe...
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu também sempre gosto mais do livro do que do filme, essa história pode não ser das mais originais mas se bem contada deve ter rendido momentos de pura emoção. Vou tentar ler o livro e ver o filme também.

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler Lele...
    Me parece que os dois tem um relação de amizade verdadeira, coisa tão dificil hj em dia!
    parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. JÁ ASSISTI O FILME E GOSTEI MUITO,MAIS SEI QUE NO LIVRO HÁ MAIS DETALHES QUE MUITAS VEZES NÃO APARECE EM EVIDÊNCIA NUM FILME.ESPERO LER AINDA ESTE ANO ESSE LIVRO.

    ResponderExcluir
  10. comprei o livro ontem na submarino *-*
    estou doida para ler e ver o filme também.... ;~~
    vou ler o livro primeiro, claro, porque livros sempre tem mais detalhes que o filme né?
    você disse que as histórias são distintas, mas são muito diferentes??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayme, não são muito diferentes. Elas se completam. No filme o foco é nos dois protagonistas, fica bem centrado na relação do Philippe com o Abdel. Já o livro fala de outros relacionamentos dele, como esposa, filha e etc...
      Ainda não decidi qual gostei mais, são perfeitos!

      Excluir
  11. Ahh, assisti ao filme na cabine de imprensa dele e achei muito bom! Claro que acabei chorando, pois é realmente muito emocionante, mas ele não é dramático, parece quase um documentário, as coisas são mais reais. Eu amei e espero ler o livro também (não sabia que eram diferentes).

    E o que é aquela risada do Driss no filme? Tem como não rir junto?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Lele! ;)

    Eu já tinha ouvido falar do filme, vi uma reportagem com muitos elogios, mas não sabia que era inspirado em um livro (mais uma para a lista ^.^). Amei sua resenha, mesmo! Deve ser um óootimo livro, fiquei morrendo de vontade de ler!!!! Tanto que vou até adicionar no Skoob, coisa que penso bem antes de fazer, já que a lista de desejados tende a ficar enorme.

    Até mais!
    :*
    @Leitora1

    ResponderExcluir
  13. Oi Lele =)

    Mais uma dica daquelas de mexer com o coração da gente, não é? Esse parece lindo, tanto o livro, quanto o filme, mesmo eles sendo diferentes.

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho muita vontade de ler esse livro. Gosto de livros assim um pouco triste mas depois me arrependo. Fico realmente triste, dependendo da história. :x Vi esse filme em cartaz nos cinemas um tempinho atrás mas resolvi assistir O lado bom da vida pra não correr o risco de chorar no cinema. rs Vou procurar ler e assistir o dois, parecem ser muito bons.

    Bjs!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. estou louca pra ler esse livro, ele parece ser muito bom e sinto que vou chorar nele kk sou chorona e com livros assim pior ainda k também sinto vontade de assistir o filme, mas prefiro ler o livro primeiro *-* k

    ResponderExcluir
  16. Esta história realmente é emocionante! Comprei o livro ontem nas livrarias saraiva e estou ansiosa para ler! Parabéns pela resenha, pois estou com muitas expectativas em relação ao livro!
    Bjus!

    ResponderExcluir
  17. Oi,ótima dica ,um livro que virou filme,vários comentários positivos de que é uma obra emocionante,mostrando o valor da amizade.
    Philippe realmente sofreu várias provações primeiro quando sua esposa perde os bebês a cada gestação depois pela doença da esposa e em seguida seu acidente, e ao encontrar um amigo nada improvável vai mudar sua vida.

    ResponderExcluir
  18. Muito linda e emocionante essa história, vi o filme e amei

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...