Resenha: Extraordinário



Título: Extraordinário

Autor: R. J. Palacio

Páginas: 320

Editora: Intrínseca

Compre aqui:  SARAIVA FNAC BUSCAPÉPONTO FRIO










     Um livro perfeito em todos os sentidos. Descrevê-lo será definitivamente uma tarefa difícil.




"É engraçado como às vezes nos preocupamos
muito com uma coisa e ela acaba não sendo
nem um pouco importante."


     August é um garoto muito ESPECIAL. Auggie, que é como todos o chamam, nasceu com uma síndrome genética; a consequencia desta síndrome é uma deformidade facial muito grande. Ele nasceu em uma família muito amorosa, sua mãe se preocupa com ele em tempo integral, seu pai é divertidíssimo, e faz a vida de Auggie o mais alegre possível, sua irmã Via é a adolescente mais agradável que um irmão poderia querer.


"Ela não acha que eu seja comum. Diz que acha,
mas, se fosse comum, ela não precisaria 
me proteger tanto."
Pag. 11


     Por causa dos problemas que Auggie tem no rosto, e também pelo tempo que ele necessitava para realizar as inúmeras cirurgias faciais, ele nunca pôde ir para a escola como todos os garotos da sua idade. Sua mãe lhe dava aulas em casa.
     Porém com a chegada do seu décimo aniversário, os pais de Auggie resolvem matriculá-lo numa escola da região. Pela primeira vez ele vai à escola. Ser um aluno novo numa escola nova já é difícil. Agora, ser um aluno novo, que nunca estudou numa escola, e ter o rosto dele, é mais que difícil, parece impossível.


"E é assim que as coisas sempre foram para 
mim, nesse nosso pequeno universo. Mas
este ano parece que houve uma mudança no
cosmo. A galáxia está mudando."
Pag. 90


     Mas Auggie não é só mais um garoto especial, ele é EXTRAORDINÁRIO, e ele leva essa experiência com uma sabedoria que faz inveja a muitos adultos. Ele sofre muito com seus novos colegas, e até alguns pais de alunos (nessa hora eu fiquei revoltada). Enfim, Auggie tem algumas recaídas, mas nada que o derrube de vez.


"As pessoas agem como se essa fosse a coisa
mais esquisita do mundo. É estranho como
crianças podem ser estranha."
Pag. 127


     É narrado em primeira pessoa, pela perspectiva de Auggie, seu pai, sua mãe, sua irmã e seus amigos. Todos os personagens contam a experiência que é conviver com Auggie. Todos contam quem é ele e o que ele faz no seu dia a dia; e principalmente o quanto ele consegue mudar o sentimento das pessoas a sua volta. Do susto do impacto de vê-lo pela primeira vez, ao amor que ele consegue conquistar com uma tremenda rapidez.


"Percebi que algumas crianças com certeza
estavam me olhando. Então fiz o que sempre
faço: fingi não notar."
Pag. 44


     Mas claro que as melhores narrativas são do próprio Auggie. Ele emociona o leitor, e logo em seguida arranca risadas. Todo a história tem momentos muito engraçados e alguns bem sofridos.
     Não posso esquecer de mencionar dois personagens que eu amei: O Sr. Buzanfa, que é o diretor da escola. Não dá pra medir o tamanho do coração dele. E o professor de Inglês, o Sr. Browne, que mais ensina os preceitos da vida do que qualquer outra coisa.

     O livro se tornou um dos meus favoritos por conseguir acumular mais notas altas. A capa é linda, assim como sua lombada. A diagramação é perfeita, a divisão dos capítulos é muito bem feita. A fonte tem um tamanho ótimo, e as páginas são amareladas.
     A narrativa realmente me ganhou, assim como a história e seus personagens. Tive ódio dos "vilões" e chorei horrores com o "mocinho". Como não ser meu preferido?


"Acho que devia haver uma regra que 
determinasse que todas as pessoas do
mundo tinham que ser aplaudidas de pé 
pelo menos uma vez na vida."
Pag. 237


     Se eu recomendo este livro? Juro que se eu tivesse poder eu obrigaria as pessoas a lerem, rs.



    

15 comentários:

  1. Ah flor..tô maluca pra ler esse livro desde q ele foi lançado.
    Ainda não li nada negativo sobre ele..e a cada resenha feita assim, com tanta emoção, minha vontade de lê lo, aumenta.
    Esse assunto, o preconceito com os deficientes, aliás, o preconceito com tudo que não é dito "normal' sempre foi assunto que nos tocou profundamente, mesmo que já tenhamos feito isso com alguém né?
    Ou um gordinho, ou um magrinho, ou um negro..
    Somos seres preconceituosos por natureza!
    Amei..e vou me obrigar a ler com certeza!

    Resenha ímpar =)

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Este livro deve ser extraordinário mesmo.
    Como é bom ler né, gosto mto de blogs que incentivam a leitura de livros.
    gde abrsss
    Fernando
    http://fernu5083.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei bem curiosa em ler uma trama narrada por uma criança. Deve ser emocionante e divertida tmbm, ;)

    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Exatoo, é tão difícil colocar em palavras esse livro. Também adorei, chorei do começo ao fim. É um livro realmente maravilhoso quenos ensina muitas coisas , além de lindo.

    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Sua resenha está simplesmente DIVINA. Sério, se eu nunca tive uma certa pontada de curiosidade para lê-lo, agora mais que nunca eu quero esse livro.
    Pareçe ser algo tão puro e singelo, com toques de um extraordinário sentimentalismo. E pude ver isso através do modo como você falou do livro na resenha!!!
    Realmente parabéns...sempre estarei por aqui >.<

    Abraços
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Resenha maravilhosa! Só a sinopse e o book trailer já me convenceram a lê-lo! Quero muito conhecer o Auggie e conhecer o problema que ele tem de sua própria perspectiva! Já foi pra minha wishlist!
    Beijos!
    http://umaleitorachamada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Assim que vi o trailer e a sinopse desse livro sabia que seria muito bom! Eu pretendo ler ainda esse ano. Acho que além de discutir uma questão importante "Extraordinário" traz um personagem que é cativante!
    Acho que nem precisa me obrigar viu flor, porque estou desejando muito esse livro rs Adorei os quotes, tem alguns que são de doer o coração.


    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  8. Poxa, esse eu preciso ler de verdade!!!
    Que tal um sorteio aqui? rs (meio falida)

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  9. Não gosto muito desse tipo de livro, mas isso não quer dizer que eu não o leria!!!!! Esse é um tema bem denso, que traz uma realidade por mim desconhecida, e por isso acho importante lê-lo.... Temos que saber lidar com o lado bom da vida, e com o lado ruim dela também, e se não temos esse tipo de problema por perto, não podemos isolar ou maltratar injustamente uma pessoa que o tenha, por puro e infundado preconceito. Acho que esse livro seria uma lição de vida!!! Com certeza vou ler!!!!!

    ResponderExcluir
  10. É a primeira resenha do livro que leio, e se eu o queria antes, agora essa vontade aumentou. Pela sua resenha deu para perceber que esse livro leva a reflexão, mas sem cair nos clichês do gênero.

    ResponderExcluir
  11. Extraordinário pode até ser um adjetivo para descrever o próprio livro, pois realmente tudo no livro me conquistou. Os personagens nos cativam, a dinâmica de mostrar o ponto de vista de várias personagens funcionou incrivelmente bem, e o autor conseguiu retratar de uma maneira pura e não-clichê as consequências de ter uma deformidade. Auggie é um personagem que entra nos nossos corações e faz uma grande diferença na maneira que enxergamos o mundo daqui em diante.

    ResponderExcluir
  12. Extraordinário nos mostra que apesar de ser diferente Auggie é um menino normal,vontades normais e que é capaz de viver o que toda criança vive não é porque não tem um rosto comum que deve ser desprezado.
    Linda Resenha!

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha. Tenho esse livro, comecei lê-lo mas não terminei acho que não era o momento, mas a historia é super interessante. Bjos

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha,estão de parabéns.Eu já li esse livro,é um dos meus favoritos,e sem dúvida traz uma mensagem muito importante para todos nós.
    Estou louca para que saia o filme,já saiu o trailer dele,mas,vai ser dificil o filme superar o livro!
    Amei o blog!

    AC ~

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo